Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

TEMAS EM DEBATE: Um NeoRH para uma NeoEmpresa

Reconhecido internacionalmente como um dos mais respeitados especialistas em formação de lideranças, César Souza, presidente do Grupo Empreenda, esteve na ABRH-SP na última quarta para falar sobre o NeoRH e instigar os participantes a repensar práticas empresariais descompassadas com o mundo em permanente reconfiguração.

“Que empresa queremos para o futuro? As atuais não estão funcionando bem. O que tenho observado é que existe um ‘subdesempenho satisfatório’ geral. Quais são os sintomas desse não funcionamento, quais as alavancas que poderiam fazer com que muitas saíssem para um novo patamar, dessem um passo qualitativo no sentido de construir equipes mais felizes, comunidades mais engajadas, parceiros mais confiantes e clientes mais satisfeitos?”, perguntou.

Segundo ele, é preciso criar a ‘NeoEmpresa’, na qual o RH esteja  no coreO grande questionamento é sobre o novo papel que o RH precisa assumir. “Para uma NeoEmpresa, é fundamental que haja um NeoRH muito mais estratégico e focado no resultado dos negócios. Ele pode contribuir de uma forma mais generosa, sendo realmente parceiro dos CEOS, dos presidentes, dos dirigentes, da linha de frente dos negócios, do que simplesmente ficar num papel secundário, de suporte. Este é o grande paradigma que o RH tem que superar: ele não é apenas apoio e precisa entender que há que ser estratégico para desempenhar um papel estratégico dentro da estrutura da organização”.

Profissionais que têm ousado e colocado em prática novas ideias foram lembrados por Souza. “Os departamentos de RH da Nestlé e Embraer, por exemplo, que têm focado também em parceiros, fornecedores e clientes, contribuem efetivamente para o resultado dos negócios. Suas ideias os posicionam de forma diferenciada nas empresas e são exemplos inspiradores”, destacou.

Página do Estado 10 de Março de 2013

{module compartilhar}

CONARH ABRH: Novos modelos de gestão terão destaque na programação do congresso

“Diante do cenário mundial, o Brasil emerge e se destaca. No entanto, os modelos de gestão que estão em vigor já não atendem mais às necessidades do negócio, tampouco às aspirações dos colaboradores. Agora é a hora de empresas e pessoas unirem-se para reinventar a gestão.” É dessa forma que a presidente da ABRH-Nacional, Leyla Nascimento, analisa o tema central Reinventar a Gestão: Uma construção coletiva, que irá pautar a 39ª edição do CONARH ABRH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas.

Programado para 19 a 22 de agosto no Transamerica Expo Center, na capital paulista, o maior evento de gestão de pessoas da América Latina, que é promovido pela ABRH-Nacional com a copromoção da ABRH-SP, está em fase de construção (leia quadro ao lado), mas, como adianta o comitê temático, a proposta é debater novas formas de gestão que gerem ganhos de produtividade, permitam a obtenção de resultados e metas e contribuam para a realização de sonhos. ´

EXPO ABRH

Outro destaque do CONARH, a EXPO ABRH já conta com muitos expositores que já garantiram seu lugar na feira, considerada a principal vitrine de produtos, serviços e tecnologias apresentados pelas empresas que são referência na área de Recursos Humanos e gestão de pessoas. A ABRH-SP, por exemplo, mais uma vez marcará presença na expsoição com um estande próprio, montado para a divulgação institucional da entidade e o lançamento de benefícios aos associados.

Para a edição deste ano, o evento já conta com a participação de 23 patrocinadores divididos por categorias: Diamante Premium – Bradesco Seguros; Diamante – Odontoprev, Ticket Endered, Catho e Alelo; Ouro – VB Serviços, Vagas e Amil; Prata – Leme Consultoria, Metlife, Employer, Dorsey Rocha Consultores, Fundação Dom Cabral, Senior, Senac São Paulo, Seguros Unimed, Victory, Central Nacional Unimed, Pagga, ESPM, LinkedIn, Randstad Recursos Humanos, Instituto Brasileiro de Coaching – IBC e Nube – Estagiários, Aprendizes e Recém-Formados. 

Mais informações: www.conarh..com.br

Imersão

Os integrantes dos comitês executivo e temático do CONARH ABRH 2013 se reuniram entre os dias 1º e 3 de março, no Guarujá (SP), para dar continuidade aos trabalhos de construção do evento deste ano. Gurus da área de Recursos Humanos estiveram presentes e abordaram assuntos que irão pautar a grade do congresso, que começa a ser definida.

Participaram da reunião, como representantes da ABRH-SP, o presidente Almiro dos Reis Neto e Lilian Guimarães, vice-presidente responsável pela representação da entidade paulista na gestão do CONARH e coordenadora de um dos eixos que norteiam o comitê temático.

Página Semanal da ABRH-SP 10 de Março de 2013

{module compartilhar}

 

INDICADORES

  • Durante as férias de verão deste ano, foram contratados 29 mil trabalhadores temporários em todo o Brasil, nos segmentos de indústria, comércio, lazer e entretenimento, 16% a mais que no mesmo período do ano passado, de acordo com o levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) e do Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem).
  • Somente nos segmentos de lazer e entretenimento, foram contratados 25 mil temporários, 86% do total das vagas. As oportunidades foram abertas em parques temáticos, parques aquáticos e de diversão, clubes, hotéis, pousadas, acampamentos, bares e restaurantes e agências de turismo.
  • Indústria e comércio representaram apenas 14% das vagas abertas, ou seja, 4 mil temporários no comércio de produtos para lazer, marketing promocional e eventos.  
  • Quase 7 mil jovens sem experiência também tiveram a chance de ingressar no mercado formal, representando 23,6% dos contratos. Além disso, a média de efetivação dos temporários ficou em torno de 10%, ou seja, mais de 3 mil trabalhadores foram efetivados na vaga, alguns antes mesmo do vencimento do contrato. O número de efetivações este ano superou em 7% o registrado nas férias de verão de 2011.

 

Página do Estado 03 de Março de 2013

{module compartilhar}

 

ESPAÇO DA FÊNIX: Confira as novidades de março

Neste mês, o Top of Mind Estadão de RH, que está na sua 16ª edição, encerrará a votação da primeira fase, na qual serão indicadas as cinco empresas e profissionais nas 33 categorias, os TOP5, no dia 28. Empresas e profissionais estão se movimentando em campanhas para o Colégio Eleitoral (constituído por profissionais de RH de cargos diretivos e responsável pela eleição dos 5 finalistas em cada categoria). Mesmo aqueles que já foram finalistas e vencedores devem parte dos TOP5 2013, pois as conquistas passadas não garantem vitórias futuras. A indicação hoje ao prêmio é muito valorizada pelas empresas que compram produtos ou contratam serviços neste segmento. 

O melhor é que ainda dá tempo de votar. Profissionais de RH que ocupam cargos diretivos devem acessar o site www.topofmind.com.br, cadastrar seu CPF e e-mail, e votar. Os finalistas receberão em junho uma placa de homenagem em evento para 400 pessoas e figurarão no Guia Os Eleitos, lançado do mercado em 2012, com sucesso absoluto. 

O conteúdo da edição de março da revista profissional&negócios também está imperdível. A edição apresenta as novidades da nova gestão da ABRH-Nacional, que, mais uma vez, será comandada por Leyla Nascimento.

 

Já o Case de Sucesso da revista mostrará o que se pode fazer para engajar as mulheres no ambiente de trabalho, avaliando a sua gestão na Ticket, na qual  ocupam 53% do quadro funcional. A matéria de capa abordará o Top Employers, credencial que é concedida às organizações com excelentes indicadores na gestão em Recursos Humanos. Essa certificação é dada através de uma ampla pesquisa que indica se a organização atende aos requisitos estabelecidos. 

Confira todas essas matérias e muito mais na edição de março da revista profissional&negócios e aguarde mais novidades vindas da Fênix Editora. 

 

Página do Estado 03 de Março de 2013

{module compartilhar}

INSTITUCIONAL: Temporada de eventos gratuitos da ABRH-SP tem início nesta semana

Nesta quarta, a ABRH-SP dá início à programação de eventos oferecida gratuitamente para seus associados. Em média, serão duas ou três palestras promovidas por mês na sede, sem contar aquelas realizadas pelas Regionais Baixada Santista, Bauru, Campinas e Ribeirão Preto ao longo do ano. 

No ano passado, foram organizados pela Associação dois eventos em Bauru, quatro em Campinas, dois em Jundiaí, um em Ribeirão Preto, sete na Baixada Santista e dezesseis na sede. Todos com o objetivo de aprimorar o desenvolvimento profissional dos associados e estimular o networking entre os participantes. 

“Além da manutenção das modalidades existentes e que já caíram no gosto dos associados, como Temas em Debate, Experiências Compartilhadas e a apresentação de pesquisas, queremos implantar uma nova série, denominada Carreiras, que terá como foco o case pessoal de grandes nomes da área de Recursos Humanos e gestão de pessoas, e ainda a modalidade O Jurídico e o RH, que vai substituir a de Relações Trabalhistas”, explica Edna Bedani, vice-presidente de Conhecimento e Aprendizado.

Segunda a gerente executiva Vânia de Faria, que gerencia os eventos, temas como Melhores práticas de Recursos Humanos nas empresas públicas, mentoring e mediação são alguns dos já programados para o primeiro semestre.

O papel estratégico do NeoRH 

Presidente do Grupo Empreenda e um dos maiores especialistas do país na formação de lideranças, César Souza apresentará nesta quarta, na sede da ABRH-SP, das 9 às 11 horas, a palestra A NeoEmpresa: O papel estratégico do NeoRH no mundo em reconfiguração. A proposta é discutir e rever os conceitos de administração que norteiam as empresas e organizações. (O evento já está com as inscrições encerradas.)

Página do Estado 03 de Março de 2013

{module compartilhar}

ENTREVISTA: Novidades do Prêmio Learning & Performance Brasil

Nesta entrevista, Augusto Gaspar, diretor de Professional Services da MicroPower, fala da edição deste ano do Prêmio Learning & Performance Brasil. Acompanhe: 

GP: Quais as novidades do Prêmio Learning & Performance Brasil em 2013? 

AG: O prêmio consolida sua missão de promover a alta performance nas organizações de nosso país. São 12 anos reconhecendo as melhores práticas de gestão de performance e desenvolvimento de talentos. Dentro dessa contínua evolução, este ano o prêmio considera, além dos projetos de capacitação das organizações participantes (Learning), as suas iniciativas com foco em Learning & Performance, Performance e Extended Corporate University, quando a organização aplica, de forma integrada, dois ou mais  dos dez componentes da Arquitetura da Universidade Corporativa Ampliada (www.micropoweruca.com.br), que são: Recrutamento & Seleção por Competências/Valores, Objetivos/Metas, Performance Organizacional e Humana, Competências e Especialidades, Aprendizado, Sucessão & Carreira, Remuneração Estratégica, com: Fontes de Conhecimento, e/ou Soluções Consultivas, e/ou Soluções Tecnológicas.

GP: Como as organizações interessadas podem concorrer ao prêmio?

AG: As organizações interessadas podem conhecer o regulamento e inscrever seus projetos no portal [veja endereço abaixo]. É importante lembrar que as organizações podem concorrer com um ou mais projetos, e que as inscrições encerram-se no dia 30 de março de 2013. Recomendamos que façam suas inscrições o quanto antes, de forma que tenham mais tempo para preparar as informações sobre os projetos concorrentes e possam usufruir os benefícios aos participantes. 

GP: Quais são esses benefícios? Houve mudanças em relação às edições anteriores?

AG: Uma grande novidade que introduzimos nesta edição é o apoio de nossa equipe de consultoria para que as organizações participantes façam uma análise da maturidade dos processos relacionados ao projeto que estão apresentando, a partir do momento da inscrição. Essa análise possibilita ao participante uma visão bastante abrangente dentro de quatro dimensões: 1) Estratégias e Planos, 2) Metodologia e Abrangência, 3)Administração e Estrutura e 4) Tecnologia e Integração, e provê uma visão clara dos próximos passos para a melhoria contínua. Além dessa novidade, não podemos esquecer do reconhecimento público das pessoas que participaram do projeto, maior engajamento dos colaboradores e um melhor entendimento da contribuição para com os objetivos da organização, o que  motiva e engaja os colaboradores e melhora o clima organizacional. No regulamento, o interessado encontra, ainda, a relação completa de benefícios que reforçam o sentimento de orgulho e realização dos funcionários das organizações vencedoras, como: troféu, divulgação na mídia, publicação do resumo do projeto, entre outros. 

GP: Organizações que participaram de edições anteriores do prêmio podem participar neste ano?

AG: Sim, e serão muito bem-vindas! Poderão participar com novos projetos de aprendizagem ou desempenho, e também apresentar a evolução de projetos que já concorreram no passado. A análise dos casos é feita por modalidades e categorias (detalhes no regulamento completo), de forma a considerar a evolução de projetos apresentados anteriormente, organizações maduras e vencedoras em edições anteriores e aquelas que estão começando agora, separando a análise em grupos de organizações com graus de evolução similares.

GP: Também podem participar as organizações que nunca participaram, porque acreditam que seus processos ainda não estão maduros?

AG: Sim, inclusive estimulamos a participação de organizações que estão “iniciando” seus processos de gestão de desempenho e desenvolvimento de talentos, porque elas irão concorrer com outras organizações em situações similares, e terão muito a aprender! O processo de participação, considerando a reflexão promovida pela elaboração da documentação do projeto, a análise da maturidade (com apoio consultivo) e a oportunidade de conhecer o que as outras organizações estão fazendo, promove a evolução efetiva de seus processos e práticas, com reflexos relevantes nos resultados de negócio. 

Inscrições: www.learningperformancebrasil.com.br/premio/2013/

Página do Estado 24 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

GESTÃO DE PESSOAS: Diversidade além do discurso

A preocupação com a diversidade é genuína em algumas empresas que acreditam que bons resultados podem ser obtidos quando suas equipes incluem pessoas de raça, etnia, gênero, orientação sexual e idade diferentes, além de portadores de deficiências. É o caso das empresas que já receberam o Selo Paulista de Diversidade, distinção instituída pelo governo do Estado de São Paulo, em 2007, com o objetivo de estimular as organizações públicas, privadas e da sociedade civil a inserir tal assunto na sua gestão de Recursos Humanos.

Na semana passada, a Secretaria do Emprego e das Relações do Trabalho (SERT), coordenadora do programa, homenageou 18 empresas participantes. Seis delas receberam seus respectivos certificados na categoria adesão: BASF, Citibank, Embraer, Fersol, Novartis e Pinheiro Neto Advogados. Tais instituições mostraram o seu compromisso com a questão da diversidade, mas só receberão um novo selo, na categoria Pleno, se comprovarem a execução de projetos e outras iniciativas na área.

“A diversidade é um valor para a BASF e receber o selo, além de representar um reconhecimento, é resultado do trabalho que realizamos no dia a dia, respeitando as pessoas, opiniões e experiências”, afirmou Wagner Brunini, vice-presidente de Recursos Humanos da BASF para a América do Sul e ex-presidente da ABRH-SP. “Para nós, a diversidade está conectada à gestão de pessoas, com intuito de assegurar um ambiente inclusivo, com um trabalho que elabore diagnósticos para asmais diversas áreas, conscientizando a liderança, formando grupos de discussão e engajando os colaboradores com o tema”, completou.

Além das seis, foram homenageadas outras doze empresas certificadas pelo Selo Pleno em 2011: Accenture do Brasil, Associação Comercial de São Paulo, Banco Bradesco, Comgás, Companhia Energética de São Paulo, Grupo Pão de Açúcar, Dow Brasil, Equipalcool Sistemas, Jari Celulose, Kraft Foods Brasil, Sabesp e Veyance Technologies do Brasil. “São organizações que acreditam na importância da diversidade, que não fazem isso pelo reconhecimento que um selo do governo traz ou porque têm de cumprir a lei de cotas para deficientes”, explica a analista do Selo Paulista de Diversidade, Gleice Salgado. Segundo ela, a partir deste evento, a SERT pretende ampliar o número de empresas certificadas. “Vamos realizar um trabalho de conscientização dessas empresas e, em dezembro deste ano, queremos fazer um evento para um número muito maior de empresários”, complementa.

Um dos cases das empresas certificadas é o de inclusão de pessoas com deficiência no quadro de empregados da Comgás. Iniciado em 2004, o programa criou diversas ações: sensibilização para o tema por meio de palestras, cartilha sobre diversidade, teatro etc.; internalização de atividades administrativas realizadas por terceiros por empregados com deficiência; mapeamento de postos de trabalho identificando deficiências plenamente compatíveis com a função a ser exercida; e treinamentos diversos aos profissionais com deficiência como: inglês, etiqueta no ambiente corporativo, Pacote Office, Comunicação Escrita, entre outras.

“Implementamos também o Programa de Apoio aos Profissionais com Deficiência para tratar questões de autoestima e favorecer a inclusão. Em 2009, recebemos o Selo Paulista da Diversidade na categoria Adesão. Em 2010 fomos certificados e recebemos o Selo na  Categoria Pleno e, em 2011, obtivemos a renovação da categoria Pleno após recertificação”, informa a diretora de Recursos Humanos Célia Dutra.

Como ela destaca, também foi realizado o censo da Diversidade e Inclusão “para entender melhor quem somos (idade, sexo, religião, formação, gênero, raça, orientação sexual), além de percebermos o que pensamos em relação a estas e outras diferenças e, com isso, pensarmos em ações para tornar nossa empresa ainda mais inclusiva”.

Página do Estado 24 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

As desculpas mais incomuns já contadas para justificar atrasos no trabalho

Congestionamento, pneu furado e o clima são algumas das principais desculpas utilizadas para justificar os atrasos. Até então, sem problemas. Mas, de acordo com um estudo do site americano CareerBuilder, alguns profissionais já passaram por situações ainda mais embaraçosas que ocasionaram seus atrasos, como ter as chaves do carro congeladas pela esposa ou por ter sido atacado por um urso.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

{module compartilhar}

INDICADORES

  • As fusões e aquisições envolvendo empresas de internet totalizaram 56 transações em 2012, sendo o terceiro segmento que mais concentrou operações no período. Os dados constam da Pesquisa de Fusões e Aquisições realizada trimestralmente pela KPMG no Brasil, que inclui 43 segmentos de negócios.
  • Em relação ao ano anterior, o crescimento impressiona: atingiu 124% (foram 56 operações em 2012 ante 25 do ano anterior). Mais uma vez, o destaque foi o investimento das empresas estrangeiras comprando brasileiras, que representou 55,3% das operações (31 transações desse tipo).
  • Em relação aos dados trimestrais, assim como o restante dos segmentos, o de empresas de internet apresentou queda nos últimos três meses de 2012 quando o resultado é comparado aos trimestres anteriores. Foram nove operações entre outubro e dezembro, ante 19 no trimestre anterior, 15 entre abril e junho e 13 no primeiro trimestre do ano passado.
  • Porém, o resultado do último trimestre de 2012 ainda esteve acima dos números de outubro a dezembro de 2011, com três transações a mais nessa comparação.

Página Semanal da ABRH-SP 17 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

 

CONARH 2013: Descontos expressivos para os associados da ABRH-SP

Até 28 de fevereiro, os associados da ABRH-SP pagam R$ 1.965 pelas inscrições na 39ª edição do CONARH ABRH  – 39º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas. Como os descontos são regressivos, ou seja, quanto mais cedo o congressista se inscrever, menor será o investimento, esta é a data certa para quem quer aproveitar os melhores preços.

Programado para 19 a 22 de agosto, no Transamerica Expo Center, na capital paulista, o CONARH deste ano tem como tema central Reinventar a Gestão: Uma Construção Coletiva. “No cenário mundial, o Brasil emerge e se destaca. Mas os modelos de gestão que estão em vigor já não atendem mais às necessidades do negócio, tampouco às aspirações dos colaboradores. Agora é a hora de empresas e pessoas unirem-se para reinventar a gestão. Temos que aproveitar o momento para atingir metas e, ao mesmo tempo, realizar sonhos”, afirma Leyla Nascimento, presidente da ABRH-Nacional.

O CONARH é promovido pela ABRH-Nacional, com a copromoção da ABRH-SP.

Mais informações: www.conarh.com.br

Página Semanal da ABRH-SP 17 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

INSTITUCIONAL: Área Comercial e Regionais expõem suas metas

Para informar a comunidade de RH e gestores de pessoas sobre as metas da nova gestão da ABRH-SP, que tomou posse no início de janeiro, o Jornal Gestão de Pessoas continua publicando os objetivos das vice-presidências de cada área e diretorias. Nesta edição, a vice-presidente Comercial, Edna Vasselo, e os diretores das Regionais expõem suas propostas: 

“A área Comercial da ABRH-SP vai trabalhar, principalmente, para a ampliação do quadro associativo por meio de iniciativas específicas, como uma campanha de novos associados e a melhoria das ações com os inadimplentes. Também pretendemos fidelizar o associado com ações de relacionamento e conteúdo, lembrando-os dos benefícios existentes na ABRH-SP. Outro objetivo é a valorização dos patrocinadores e apoiadores da entidade.” Edna Vasselo Goldoni, vice-presidente Comercial. 

A Diretoria da ABRH-SP – Regional Baixada Santista irá buscar em sua gestão maior visibilidade, representatividade e interação da Associação com o desenvolvimento e a qualificação dos profissionais e das organizações da região. Motivada, a Regional possui em seu planejamento inúmeras ações para seus associados, como eventos e atividades, de teor corporativo e motivacionais, Grupos de Estudo que promovem a troca de conhecimento, além de efetivar a participação da ABRH-SP nos principais acontecimentos que estão previstos para o cenário empresarial. A nova diretoria visa à total integração com todos os setores e, principalmente, com o capital intelectual das organizações. Essa gestão, para o triênio 2013/2015, pretende consolidar, de forma marcante, a presença da entidade no cenário corporativo do Litoral Paulista.” Roberto Martins, diretor geral da Regional Baixada Santista. 

“A Regional Bauru iniciou 2013 com o planejamento anual de ações envolvendo muito contato com faculdades para o fomento de palestras em que o foco principal é a gestão estratégica de pessoas. Também estamos com planejamento de uma palestra com Rogerio Leme, especialista em gestão por competências, programada para junho deste ano, e, logo em seguida, em setembro, a realização do ABRH na Praça em Bauru. Estamos muito motivados principalmente com os números. Em pouco tempo, conseguimos mais de quadruplicar o número de associados. Nossos Grupos de Estudo, com os temas Legislação Trabalhista e Previdenciária, Treinamento & Desenvolvimento e Liderança & Coaching, têm início agora em março também com força total.”  Tatiane Souza, diretora geral da Regional Bauru

 “A ABRH-SP vem consolidando sua atuação na Regional Campinas ao longo dos últimos anos. Dentre os principais objetivos para 2013, destaca-se alavancar a representatividade da entidade na região através do incremento do número de associados e do fortalecimento das parcerias com os grupos informais de RH. Outro objetivo importante é alcançar a sustentabilidade operacional, ou seja, ter receita própria para financiar suas atividades. Nesse item, tornar-se vital fazer crescer o número dos patrocinadores e fidelizá-los. Dentre os objetivos operacionais, nosso objetivo é trazer eventos “de peso” para a região a fim de servir a toda comunidade interessada em gestão de pessoas, além de aumentar a oferta de vagas e temas nos Grupos de Estudo. Para atingir tais objetivos, sabemos que a comunicação eficiente com parceiros, associados e a mídia torna-se fundamental. Ao longo de 2013, também estaremos dedicando energia em criar novas iniciativas no pilar de Comunicação.” Elizabeth Souza, diretora geral da Regional Campinas

“Em 2013 devemos empreender esforços na captação de associados e no desenvolvimento de parcerias com outras entidades, como Amcham, Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp) e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), entre outras. Outro foco é a formação de Grupos de Estudo na região. Já temos cinco temas definidos, entre eles um grupo de Coaching. Além disso, devemos dar continuidade ao encontro anual de executivos e empresários [a Regional realizou o 1º Encontro de Empresários e Executivos do Nordeste Paulista no evento de inauguração no ano passado].” Denise Lustri, diretora geral da Regional Ribeirão Preto

Página Semanal da ABRH-SP 17 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

Projeto de lei aumenta duração de estágio para advogados e engenheiros

A Câmara dos Deputados analisa projeto de lei que pretende aumentar para mais de dois anos o prazo de estágio nas áreas de Direito e Engenharia. Segundo a Agência Câmara Notícias, o autor, deputado Edmar Arruda (PSC-PR), argumenta que a especialização e o domínio de alguns ofícios requerem mais tempo e que a limitação legal de dois anos não tem se mostrado eficaz no caso dessas duas profissões.

No momento, a matéria tramita na Câmara junto com o projeto de lei 4579/09, que amplia o prazo máximo do estágio para três anos e torna obrigatória a concessão de auxílio-alimentação ao estagiário pela empresa concedente.

Página do Estado 10 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!