Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

MERCADO DE TRABALHO: Emprega SP oferece mais de 16 mil vagas

O programa Emprega São Paulo/Mais Emprego, agência de empregos pública e gratuita gerenciada pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), está oferecendo 16.016 vagas de emprego em todo o Estado de São Paulo. Também estão disponíveis 163 oportunidades de trabalho para portadores de deficiência.

Desde a implantação do Emprega São Paulo, em agosto de 2008, o programa, que foi desenvolvido em parceria com a ABRH-SP, recolocou no mercado de trabalho mais de 700 mil trabalhadores. 

Para ter acesso às vagas, basta acessar o site www.empregasaopaulo.sp.gov.br

Página do Estado 10 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

GRUPOS DE ESTUDO: Inscrições abertas também em Bauru

Assim como a sede, as Regionais Campinas e Baixada Santista, e a cidade de Jundiaí, a Seccional Bauru também abriu as inscrições para a temporada 2013 dos Grupos de Estudo da ABRH-SP. Liderança & Coaching, Legislação Trabalhista e Previdenciária e Treinamento & Desenvolvimento são os temas disponíveis para os associados da ABRH-SP da região que desejarem integrar os grupos.

Para participar, é preciso ser associado da entidade, tanto Pessoa Física como Jurídica, estar em dia com a anuidade e fazer uma inscrição prévia que será confirmada por e-mail. Os inscritos deverão ter pelo menos 60% de presença nas reuniões mensais para receber o certificado no final do ano.

Encontro

Para explicar mais sobre os temas e a metodologia adotados pelos grupos de estudo, a ABRH-SP promoveu, na última quarta, na sua sede, um evento de apresentação da atividade. Mais de 100 interessados participaram do encontro.

Inscrições para Bauru: (19) 3294-3307 ou regionalbauru@abrhsp.org.br

Mais informações: eventos@abrhsp.org.br ou (11) 5505-0545

Página Semanal da ABRH-SP 10 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

INSTITUCIONAL: Vices da ABRH-SP detalham metas e objetivos para 2013

Na semana passada as vice-presidências Jurídica e de Relacionamento com os Associados expuseram seus objetivos para este ano. Nesta edição, mais vices apresentam o que pretendem fazer em cada uma de suas respectivas áreas:

“O objetivo inicial da área de Comunicação e Marketing é realizar uma pesquisa de branding positioning para conhecer melhor as expectativas dos associados e da comunidade de gestores de pessoas e, com isso, produzir ações para valorizar ainda mais o profissional da área. Também pretendemos alinhar as ações de divulgação do CONARH em parceria com a ABRH-Nacional. E ainda discutir propostas e novidades para tornar nossa página no Estadão mais atraente. Luciana Carvas, vice-presidente de Comunicação e Marketing 

“A diretoria de Conhecimento e Aprendizado tem como uma das principais metas incentivar e apoiar mais publicações dos conteúdos elaborados pelos Grupos de Estudo da ABRH-SP, tanto na sede como nas Regionais. Também temos como objetivo criar uma Diretoria Acadêmica, que estará a cargo da professora Marisa Eboli, cujo principal objetivo é atrair e engajar mais os jovens para a associação e dar suporte à ABRH-SP com pesquisas e temas atualizados para RH. Além disso, queremos manter os eventos mensais com temas atrativos e relevantes aos nossos associados.” Edna Bedani, vice-presidente de Conhecimento e Aprendizado 

“Como copromotores do CONARH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, além de coordenar um dos eixos junto ao Comitê Temático, pretendemos influenciar de forma mais consistente na gestão do evento, inclusive definindo práticas, em conjunto com o Sistema ABRH, para aumentar o número de inscritos de São Paulo. Em relação à responsabilidade social, nosso objetivo inicial é mapear todas as ações existentes nessa área, tanto em São Paulo quanto nas Regionais, para divulgá-las amplamente e, com o tempo, criar um curso sobre o tema voltado especificamente para os profissionais de RH.” Lilian Guimarães, vice-presidente de Responsabilidade Social e CONARH

“Assim como no ano passado, quando foram inauguradas as Regionais de Bauru e Ribeirão Preto, pretendemos neste ano iniciar as atividades de mais duas representações no estado de São Paulo. As diretorias locais também traçaram planos ambiciosos para levar eventos consagrados de grande porte como o ABRH na Praça para o interior do estado. Como consequência, nossa proposta é, até o final de 2015, ter conquistado 400 associados oriundos das Regionais. Também temos como meta a implementação de um modelo de governança que dissemine e normatize as boas práticas de gestão para todas as Regionais, aumentando ainda mais a confiança de nosso associado na organização.” João Marcelo Furlan, vice-presidente de Desenvolvimento e Expansão Regional

Página Semanal da ABRH-SP 10 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

INDICADORES

  • As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego – PED, divulgadas pelo Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, mostram que, em 2012, o contingente de desempregados no conjunto das sete regiões onde a pesquisa é realizada (Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Porto Alegre, Salvador e São Paulo, além do Distrito Federal) foi estimado em 2 milhões e 329 mil pessoas, 65 mil a mais do que em 2011.
  • Por sua vez, a taxa de desemprego total manteve-se em relativa estabilidade, ao passar de 10,4%, em 2011, para 10,5%, no ano em análise. Já a taxa de participação elevou-se de 59,9% para 60,5%, no período.
  • A taxa de desemprego total apresentou comportamento diferenciado segundo as regiões pesquisadas, tendo crescido 10,9% em São Paulo, onde o nível de ocupação teve um crescimento modesto: 1,2%.
  • Segundo posição ocupacional, o aumento do assalariamento total (2,2%) deveu-se à expansão do emprego no segmento privado (2,9%), uma vez que o emprego público apresentou retração (-0,8%). O crescimento do setor privado ocorreu exclusivamente pela contratação de assalariados com carteira de trabalho assinada (4,1%), já que  houve retração do emprego sem carteira (-3,3%).
  • Em 2012, no conjunto das regiões pesquisadas, elevaram-se os rendimentos médios reais de ocupados (2,6%) e de assalariados (1,4%). Seus valores monetários médios passaram a equivaler a R$ 1.543 e R$ 1.585, respectivamente. Entre as regiões pesquisadas, o rendimento médio real dos ocupados aumentou em 4,2% em São Paulo, chegando a R$ 1.695.

 

Página do Estado 03 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

INSTITUCIONAL: Diretorias Jurídica e de Relacionamento com os Associados expõem suas metas

Na semana passada, o jornal Gestão de Pessoas divulgou os principais tópicos do planejamento estratégico do ano e do período 2013-2015 proposto pela nova diretoria da ABRH-SP. Nesta edição e nas próximas, os diretores detalham as metas e os objetivos de cada área.

“Juntamente com os demais diretores, a diretoria Jurídica dedica seus melhores esforços para o atingimento dos objetivos da ABRH-SP em consonância à Missão, Visão e aos Valores da Associação. Assim, a área tem também o propósito de contribuir para a disseminação do conhecimento do mundo do trabalho, desenvolver e engajar pessoas e organizações, influenciar o que necessário e possível para a melhoria da condição social, política e econômica do país, e, principalmente, servir à comunidade de RH.

Cabe à diretoria Jurídica realizar as análises dos vários contratos de parcerias, convênios, prestação e fornecimento de serviços, e, por fim, aconselhar, sempre que requisitada e necessário, sobre os aspectos jurídicos envolvidos nas diversas ações empreendidas pela ABRH-SP. 

Na reunião de planejamento, também ficou estabelecido acompanhar as ações do Corhale – Comitê RH de Apoio Legislativo, disseminar aspectos legais trabalhistas e projetos de lei em andamento por via de resenhas periódicas a serem disponibilizadas aos associados e concluir o projeto do Manual de Governança entre a Gestão Executiva e as Regionais.” Carlos Silva, diretor Jurídico

“Na reunião de planejamento estratégico, realizada entre os dias 17 e 19 de janeiro, ficou definido que a diretoria de Relacionamento com os Associados focará sua ação em entender o que desejam os profissionais de Recursos Humanos, associados ou não à entidade, a fim de entregar produtos e serviços que excedam suas expectativas. Essa diretoria também ajudará a atrair novos associados e manter os atuais, ampliando a representatividade da ABRH-SP em todo o estado de São Paulo.” Guilherme Cavalieri, diretor de Relacionamento com os Associados

 

Página do Estado 03 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

DESENVOLVIMENTO: Temporada 2013 dos Grupos de Estudo terá novos temas

Já estão abertas as inscrições para a edição 2013 dos Grupos de Estudo da ABRH-SP, tanto na capital paulista, onde os encontros serão realizados na sede da entidade, como nas Regionais Baixada Santista e Campinas. Também em Jundiaí haverá a abertura de três grupos para os profissionais de Recursos Humanos da região.

Para participar, é preciso ser associado da ABRH-SP, tanto Pessoa Física como Jurídica, estar em dia com a anuidade e fazer uma inscrição prévia que será confirmada por e-mail. Os inscritos deverão ter pelo menos 60% de participação nas reuniões mensais para receber o certificado no final do ano.

Na sede, a novidade é a organização de cinco novos grupos: RH nas Empresas Familiares, Gerindo Equipes de Alto Desempenho, Tendências em Educação Corporativa, Novas Tendências de Contrato de Trabalho e Remuneração, e Desafios das Organizações no Desenvolvimento de Lideranças. Já promovidos nas edições anteriores, os temas Coaching 1 e Coaching 2, Gestão de Cultura e Comunicação Empresarial, e Estratégias para Aquisição e Retenção de Talentos voltam a ser oferecidos para os associados.

 “Apesar de 80% das empresas brasileiras terem uma origem familiar, é a primeira vez que teremos um grupo para discutir o assunto. Nosso objetivo é avaliar o papel fundamental da área de Recursos Humanos na profissionalização da gestão das empresas familiares”, comenta a coordenadora geral da atividade desde a sua implantação, Patricia Buzolin, que também atuará como facilitadora do grupo.

Ela destaca ainda os temas Tendências em Educação Corporativa, que irá tratar dos desafios da modernidade no desenvolvimento de pessoas, como, por exemplo, a inserção das redes sociais para troca de conhecimento, e Novas Tendências de Contrato de Trabalho e Remuneração, cujo enfoque será a flexibilização dos contratos e novas formas de trabalho, a exemplo do teletrabalho.

Para explicar mais sobre os temas e a metodologia adotados pelos grupos de estudo, a ABRH-SP vai promover, nesta quarta, das 19 às 21 horas, um evento de apresentação na sua sede. As inscrições para o evento podem ser feitas pelo tel. (11) 5505-0545.

Regionais

Na Baixada Santista, estarão disponíveis para os associados os grupos: Coaching, Novas Tecnologias de Convivência, RH Estratégico, Trabalhista e Previdenciário e Liderança e Gestão. Já em Jundiaí, os temas serão os seguintes: Estratégias para Aquisição e Retenção de Talentos, Coaching e Liderança, e Indicadores de RH. Este último tem como objetivo compartilhar os diversos tipos de Indicadores de RH, bem como discutir sobre conceitos, ferramentas de medição e de acompanhamento adotados pelas organizações para gestão desses indicadores.

Por fim, oito são os grupos abertos em Campinas: Coaching, RH no Varejo, cujo objetivo é refletir sobre os subsistemas de Recursos Humanos no varejo, Recrutamento e Seleção, Relações Trabalhistas, Treinamento e Desenvolvimento, Vendas Corporativas, que se propõe a promover reflexões sobre a diferença entre “vender produto” e “vender soluções”, Remuneração e Benefícios, e Responsabilidade Social.

Para fazer as inscrições:

Sede

E-mail: eventos@abrhsp.org.br

Tel. (11) 5505-0545

Campinas e Jundiaí

E-mail: regionalcampinas@abrhsp.org.br

Tel. (19) 3294-3307

 

Santos

E-mail: regionalbaixadasantista@abrhsp.org.br

Tel. (19) 3294-3307

Página do Estado 03 de Fevereiro de 2013

{module compartilhar}

Mulheres já representam quase metade dos novos empreendedores

Cada vez mais mulheres comandam os novos negócios brasileiros. Segundo pesquisa GEM 2012 (Global Entrepreneurship Monitor),  mais de 49% dos profissionais que iniciam a carreira empresarial são do sexo feminino.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

{module compartilhar}

GESTÃO DE PESSOAS: O RH e a escassez de líderes

A falta de líderes preparados para enfrentar os novos tempos brasileiros é fato comprovado no dia a dia das empresas e em pesquisas. Em uma delas, feita em 2011 pela ABRH-Nacional em parceria com a consultoria Empreenda, dos 379 profissionais de RH entrevistados, 63,6% disseram que suas empresas não possuem líderes suficientes para suprir as necessidades dos negócios, o que pode limitar o crescimento da organização durante a fase de expansão econômica do país. À época, César Souza, presidente da Empreenda, citou outro levantamento feito por sua empresa, no qual 71% dos líderes empresariais fizeram a mesma afirmação. 

Mais recentemente, uma enquete disponibilizada no site da ABRH-Nacional reforçou tais resultados ao perguntar aos internautas sobre o principal entrave na gestão de suas equipes. Entre as seis alternativas apresentadas, a mais escolhida foi “chefia despreparada para liderar”, que recebeu 37,1% dos votos. A “falta de perspectiva de crescimento” ficou com o segundo lugar, mas teve apenas 19,4%, seguida das alternativas “guerra de egos” (14,5%), “remuneração insatisfatória” (14,1%), “desequilíbrio entre vida pessoal x vida profissional (10,7%) e, a menos votada, “projeto desmotivador em andamento” (4,2%). 

“A falta de preparo das lideranças é uma preocupação dos CEOs frente aos desafios que as empresas enfrentam para se manterem competitivas em cenários adversos, como o que estamos enfrentando. No 12º Fórum dos Presidentes, realizado pela ABRH-Nacional no ano passado, esse tema também foi apontado como um dos mais preocupantes pelos mais de 90 dirigentes empresariais que participaram do encontro”, lembra Leyla Nascimento, presidente da associação. 

A liderança na área de Recursos Humanos não é exceção. Talvez por ter o papel de formar líderes em toda a organização, o profissional de RH acaba por deixar seu próprio desenvolvimento para segundo plano. “Nas Melhores Empresas para Trabalhar, o desenvolvimento de pessoas, em particular na formação de líderes, é prioridade absoluta. Ao mesmo tempo, uma parcela importante das empresas ainda tem um longo caminho a percorrer. RH, como parte desse universo, enfrenta as mesmas dificuldades, por outro lado, a área pode ser a grande alavanca de transformação”, avalia Ruy Shiozawa, CEO do Great Place to Work no Brasil (GPTW). 

Para ele, a deficiência de lideranças começa nos cursos de graduação, nos quais a ênfase dada à gestão de pessoas ainda não se equipara à atenção que recebem outras áreas, como gestão financeira, marketing e tecnologias de produção e de informação. “No mínimo, deveria ser dada uma atenção equivalente à recebida por outros aspectos-chave dos modelos de gestão empresarial. Esse gap precisa ser suprido internamente pelas próprias empresas”, aponta. 

Luiz Edmundo Prestes Rosa, diretor de Educação da ABRH-Nacional, salienta que “RH tem o papel nobre de desenvolver as novas gerações de líderes, comprometidas com a inovação, com o ambiente de trabalho e com os resultados, e, por isso mesmo, precisa investir no seu próprio desenvolvimento como líder”. Ele lembra que, com esse objetivo, a entidade iniciará, em março, um programa inédito, idealizado em conjunto com o GPTW e a Ânima Educação.

Aprendendo com as melhores

De acordo com Shiozawa, o programa, intitulado Desenvolvimento de Líderes de RH – Gerando Valores e Resultados, se diferencia por preparar os gestores de RH para atuarem como agentes de transformação poderosos, facilitando a busca de resultados pela empresa através das pessoas. Outros diferenciais são a apresentação de práticas de sucesso das Melhores Empresas para Trabalhar, mostrando o que elas fazem no dia a dia e que gera uma percepção diferenciada nos colaboradores, e o corpo docente, que ele chama de dream team

Juntamente com a ABRH e a Ânima, o GPTW participa da coordenação do projeto, fornece conteúdo e viabiliza a análise de estudos de caso selecionados, por meio de depoimentos e de visitas de CEOs das Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil e no mundo. 

“De forma pioneira, lançamos esse curso para o novo RH, trazendo a inovação nos temas cruciais em gestão de pessoas”, conclui Leyla.

O Programa Desenvolvimento de Líderes de RH começa no dia 18 de março, na capital paulista. Mais informações podem ser obtidas no site www.novoliderrh.com ou pelo telefone (11) 5105-4444.

NOVA ENQUETE NO AR

Por falar em transformação, sua empresa está aberta para debater novos modelos de gestão?  Esse é o mote do CONARH 2013, maior evento latino-americano e segundo do mundo na área de gestão de pessoas, que acontece de 19 a 22 de agosto, sob o tema central Reinventar a Gestão: Uma Construção Coletiva.

Entre no site da ABRH-Nacional e participe da enquete que está no ar: www.abrhnacional.org.br 

Fonte: O Estado de São Paulo

Autor: Thais Gebrim

{module compartilhar}

Taxa de desemprego manteve-se estável em 2012

A taxa de desemprego nas sete principais regiões metropolitanas do País manteve-se estável em 2012 na comparação com 2011, passando de 10,4% para 10,5%. Os dados são da PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego), divulgada nesta quarta-feira (30) pela Fundação Seade e pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

Clique aquii para ler a matéria na íntegra.

{module compartilhar}

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!