Ao olhar para o momento atual, com tantos desafios, dilemas, perguntas e incertezas, nos perguntamos como ficamos dentro deste contexto que está nos desafiando profundamente. Como podemos nos colocar não somente no intelecto e na capacidade, mas na emoção e na espiritualidade, para poder construir, com a nossa presença, uma realidade muito melhor do a que temos hoje?

 

A resposta para esses questionamentos está no circuito de presença, acredita Rosa Bernhoeft, sócia-fundadora da Alba Consultoria, coach de líderes e executivos, reconhecida como pioneira na introdução do mentoring no Brasil e uma voz sempre ouvida pelos líderes e profissionais de RH. Ela falou sobre o tema no webinar “Corpo e Alma Presente”, realizado pela ABRH-SP Vale do Paraíba no último dia 18, com a moderação de Carolina Mello, diretora da Regional.

Como Rosa enfatizou, para se tornar presente, é preciso passar por algumas estações de maneira sistêmica. Em primeiro lugar, está a tomada de consciência. Onde estou e como estou? Que consciência tenho do meu momento, da minha idade, do meu contexto e de todos os dilemas e circunstâncias que não posso dizer que não me pertencem, sejam sociais, políticos, econômicos ou de dentro de casa. “Ao tomar consciência de mim mesmo, tenho de descobrir qual é o meu papel na sociedade, no contexto da minha família, no trabalho, como cidadão. E o quanto estou pronto para assumir esse papel. Um senso de realismo é muito importante quando iniciamos um processo de fortalecimento da nossa presença na vida”, destacou Rosa.

O segundo elemento do circuito da presença é a atitude. Como este é um momento que nos coloca em uma condição de medo por uma doença, de medo pela perda de um emprego, num contexto inseguro e incerto, posso optar por uma atitude positiva, me preparar, ir à frente, provocar e construir algo, ou posso me abater, me desesperar e nada fazer.

Segundo Rosa, a propriedade é o terceiro elemento. “Se tenho consciência de mim mesmo, do contexto, do território onde estou atuando, e assumo a atitude, quais são meus recursos? Ao olhar para as passagens que descrevemos nos currículos, observamos como elas nos deram capacidades. Eu sou capaz de iniciar uma iniciativa do ponto zero, implantar e fazê-la progredir? Sou capaz de transitar por situações de alta capacidade e produzir recursos na escassez, sou capaz de montar equipes altamente motivadas para realizar alguma ação? O tema da capacidade vai permitir olhar para questões que parecem muito difíceis de serem solucionadas.”

Combinados, esses três elementos – consciência, atitude e propriedade – nos levam a um estado de evolução, a uma plataforma na qual podemos verdadeiramente evoluir para criar melhorias, inovações e transformações. “Não temos a ousadia de dizer como vai ser o futuro, mas temos a condição de dizer como queremos o presente e como fazer desse presente algo valioso. Essa proposição não vale somente para o Eu protagonista, mas também para o que as empresas estão fazendo, que é cuidar das pessoas, dos recursos e oportunidades, e da rede de stakeholders, por exemplo, ao fazer novos contratos com os fornecedores.”

Ela falou ainda de duas questões essenciais quando falamos em presença. A primeira delas é a sinceridade. É preciso sinceridade no debate de ideias, nas proposições de trabalho, nas análises de condições, na troca e no apoio das necessidades. Em resumo, a sinceridade é a ferramenta da presença. Outro foco importante é na palavra, que é verdadeiramente transformadora. “A palavra para dizer o que penso, sinto e sou capaz de poder fazer. Os processos evolutivos também estão apoiados nas palavras que usamos e nos verbos que correspondem a essa evolução. Amar, perseverar, prosperar, compartilhar, criar... Quais os verbos o trouxeram até aqui, quais você não quer mais e quais você quer colocar para apoiar seus projetos”, explicou Rosa.

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRH-SP - 24  de Agosto de 2020

Próximos eventos

  1. Webinar: “Onboarding do tradicional ao online e disruptivo”

    2 December 2020 - 17:00 às 18:00
  2. Confraria – ABRH-SP Regional Sorocaba

    3 December 2020 - 19:00 às 21:00