Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

CONARH 2017: Mudança e inovação

Presidente da ABRH-SP, copromotora institucional do CONARH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, Theunis Marinho deu as boas-vindas aos congressistas no primeiro dia do evento, realizado de terça a quinta da semana passada, no São Paulo Expo. Theunis abriu o evento agradecendo aos profissionais e voluntários que colocaram o congresso em pé e exaltou a coragem que os organizadores, liderados pela diretora geral do CONARH, Sandra Gioffi, e pelo superintendente executivo da ABRH-Brasil, Ricardo Mota, tiveram de inovar: “Tenho certeza de que ao final do evento, diremos que valeu a pena”.

Elaine Saad, presidente da ABRH-Brasil, falou do novo papel do RH, que viria a ser discutido em muitas palestras do congresso: “Não bastará mais ao RH tolerar as mudanças. Será preciso prevê-las e, mais do que qualquer outro profissional, dar-lhes as boas-vindas”. Já Leyla Nascimento, presidente da Fidagh, federação que congrega as associações de gestão de pessoas da América Latina, ressaltou que o continente tem passado por muitas mudanças sociais e econômicas e que o RH tem exercido um papel fundamental nas organizações.

Ao todo, os 2.600 congressistas puderam assistir a mais de 50 palestras com um conteúdo bastante inovador. Um dos destaques da programação foi a participação do prefeito de São Paulo João Doria. Ele falou do programa Trabalho Novo da prefeitura, iniciativa que tem inserido a população em situação de rua no mercado de trabalho em parceria com as empresas privadas e que conta com o apoio da ABRH-SP. Até agora, 1.266 pessoas já foram empregadas pelo programa.

“O Trabalho Novo é uma oportunidade de vida”, disse o prefeito. “É a chance de vida de pessoas que nas ruas não têm chance nenhuma. Essa mudança exige participação coletiva, mas só vamos fazer essa mudança se vocês, RHs, colaborarem e ajudarem.” No palco com o prefeito, Theunis reiterou a importância do apoio da área de Recursos Humanos ao Trabalho Novo e disse: “Nós temos que sair do país do ‘já era’ para ser o país de uma ‘nova era’”.

 

 

 

 

Fonte: O Estado de São Paulo, 20 de Agosto de 2017.

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?