Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Conciliação entre o RH e a sustentabilidade

Sustentabilidade para o RH também significa repensar velhas práticas

 

Foi só no início dos anos 1970 que o tema da sustentabilidade começou a ser usado e debatido pela sociedade. Até 1979, existiam apenas dez publicações no mundo sobre o assunto. Como acontece com todo processo novo, a confusão é certa. Isso justifica por que os RHs ainda acham que a sustentabilidade está relacionada com o meio ambiente e não tem nada a ver com eles. Puro engano, como explicou, na manhã da última quinta, na sede da ABRH-SP, a sócia-diretora da Oré Consultoria em Educação e Desenvolvimento Humano, Denise Asnis, na palestra que discutiu se a sustentabilidade é um desafio ou o RH é um desafio para a sustentabilidade.

Para Denise, que é uma expert no tema, o RH faz parte desse processo não apenas ao apoiar a implantação do tema sustentabilidade nas empresas, mas ao repensar seus próprios modelos e práticas. Como exemplo, ela citou os processos de Recrutamento e Seleção feitos há décadas da mesma maneira e que têm pouco a ver com os tempos atuais nos quais os colaboradores buscam trabalhar em empresas que tenham alinhamento de propósito e em que há um amadurecimento da relação empresa-indivíduo. “Nós não refletimos como estamos fazendo o processo”, lamentou Denise. “É preciso sair da ilha para ver a ilha. Nós não vemos se não saímos de nós.”

Ela também recomendou aos RHs olharem os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que é uma agenda universal para as pessoas, o planeta e para a prosperidade (veja mais em https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/), a fim de se pautarem em relação à sustentabilidade.

 

Fonte: Jornal Estadão – 03 de abril de 2016

 

Comentários

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?