Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

CONGRESSO – Conteúdo diversificado marcou a edição comemorativa do CONARH

Na abertura oficial do 40º Congresso Nacional de Recursos Humanos, realizado de segunda a quinta da semana passada, o presidente da ABRH-SP, Almiro dos Reis Neto, destacou o prazer e a honra de sediar um evento do porte do CONARH, que apresenta conteúdo relevante e permite lançar serviços que vão agregar na busca de uma melhor gestão em Recursos Humanos.

Uma marca da edição comemorativa foi o conteúdo diversificado. Já na manhã da segunda, antes mesmo da abertura oficial, foram realizados três fóruns abertos ao público em geral, não apenas aos congressistas. Promovido pelo Corhale – Comitê RH de Apoio Legislativo, grupo mantido pela ABRH-SP em parceria com a ABRH-Nacional, o Fórum Relações do Trabalho – O que mudou em 40 anos? teve a análise do professor titular da cadeira de Direito Trabalhista da Universidade de São Paulo e sócio da Mannrich, Senra e Vasconcelos Advogados, Nelson Mannrich.

Logo na abertura, o congresso contou com a participação de dois presidentes de empresas: Cledorvino Belini, atual presidente da Fiat do Brasil e responsável pelo Grupo Fiat/Chrysler na América Latina, e Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Banco Bradesco, que falou do perfil do profissional de RH que as empresas procuram hoje: “um humanista apaixonado pela tecnologia, que esteja sempre voltado para a ousadia e a inovação”.

Presidente do Conselho de Administração da Gerdau, o empresário Jorge Gerdau Johannpeter também participou como conferencista do congresso.  “Em parceria com a organização e os executivos, e com a definição clara de propósitos, a gestão de Recursos Humanos é decisiva para a construção do tipo de empresa que se quer e para a mobilização da equipe necessária para obter sucesso. Isso vem por uma definição de estratégia de governança, que significa propósitos. Daí a importância que os Recursos Humanos têm nos objetivos principais da organização”, assinalou Gerdau.

Internacional

O congresso também contou com vários conferencistas internacionais, com destaque para a participação do guru David Ulrich, cofundador do RBL Group, no último dia do evento. Ulrich falou sobre sustentabilidade da liderança. Outro palestrante internacional, Filippo Abramo, presidente da associação italiana de gestão de pessoas, participou do painel RH Urgente! Ousar, Inovar e Performar, de mesmo nome do tema central do evento.

 

Abramo abordou as mudanças do cenário europeu com a crise que se instalou nos últimos anos. “De alguma maneira as pessoas compreenderam que não há emprego vitalício e que devem contar consigo mesmas”, salientou, justificando o surgimento de um grande número de pequenas empresas, criadas por profissionais que perderam seus empregos.

 

Ao todo, os congressistas puderam assistir a quase 40 palestras magnas e simultâneas. Com o tema Cultura de Propósito, a magna realizada na quinta reuniu Olga Martinez Correa, CEO da Diageo do Brasil, e Rob Morris, gerente geral da YSC NY. Diretora da ABRH-SP, Lilian Guimarães foi a mediadora da palestra.

 

Segundo Olga, cada colaborador deve ter o seu propósito pessoal. “Não espere pelo presidente da empresa. Não deixe seu propósito na mão de ninguém. Faça você mesmo”, aconselhou. Já para Morris, “o papel dos líderes é encontrar um propósito e mobilizar as pessoas na direção dele. Identificar o que une uma organização, um significado, e usar isso para levar as pessoas ao futuro”.

 

Página Semanal ABRH-SP – 24 de agosto

{module compartilhar}

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?