Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Diversidade e inclusão no DNA da Aon

Com mais de 30 anos de experiência na área de Recursos Humanos, atuando nos mais variados segmentos, como logística, tecnologia, consultoria e financeiro, Adriana Zanni é a diretora de RH da Aon Brasil desde fevereiro deste ano. Nesta entrevista, ela fala da cultura inclusiva da empresa e do grande desafio de estabelecer um novo patamar de entrega e agilidade para a área de RH.

GESTÃO DE PESSOAS – Diversidade e inclusão são temas do momento. Como, de fato, elas impactam nos negócios das empresas?

ADRIANA ZANNI – Todos os estudos relacionados ao tema demonstram que pessoas diferentes pensando em ideias diferentes impactam nos números das organizações. Depois da globalização, tornou-se cada vez mais importante a empresa estabelecer uma cultura inclusiva e diversa em sua estratégia de negócios, apresentando soluções diferenciadas para seus clientes.

GP – Como a diversidade e a inclusão têm sido vivenciadas na Aon Brasil?

AZ – A Aon é uma empresa inclusiva naturalmente. A inclusão está dentro dos nossos valores e do nosso DNA. Contamos com programas internacionais relacionados ao tema, que são estendidos aqui no Brasil, e temos cada vez mais trabalhado para que a cultura inclusiva faça parte do dia a dia não só das nossas discussões de liderança, mas também das nossas discussões de negócios, para poder apresentar uma solução diferenciada aos nossos clientes.

GP – Como isso é praticado no dia a dia?

AZ – Fazemos mensalmente um acompanhamento de indicadores da nossa população para entender onde é preciso mais inclusão e diversidade. Promovemos ainda fóruns de discussão, a exemplo do realizado em 8 março deste ano, no Dia Internacional da Mulher, no qual nossas executivas falaram sobre suas carreiras para todos os funcionários, e também temos inserido o tema nas nossas pautas de reuniões. Tudo isso ajuda a estabelecermos uma cultura inclusiva e diversa e a levarmos essa cultura diversa para nossos clientes, acionistas e comunidades. E esse olhar mais diferenciado com relação a nossa cultura contribui para alavancar nossos resultados.

GP – Quais os desafios atuais do RH da Aon Brasil?

AZ – Temos um desafio bastante grande de trabalhar a questão da gestão da cultura olhando o ambiente globalizado e diverso que a Aon tem nos apresentado em razão do tamanho de corretora e consultora que a empresa se transformou no mundo. O RH deve ser cada vez mais um parceiro de negócio e alavancar essa cultura mais globalizada. O crescimento da Aon no ano passado, orgânico e inorgânico através da aquisição da Admix, nos dá o desafio de estabelecer um novo patamar de RH para essa organização que dobrou de tamanho no último ano. O meu papel hoje é acelerar e facilitar ainda mais toda essa mudança e estar mais próxima dos colaboradores, com a empresa mais globalizada e tecnológica.

Fonte: O Estado de São Paulo, 20 de Maio de 2018.

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?