Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

INSTITUCIONAL: Conselho Deliberativo dá início às atividades

Na quarta passada, foi promovida a primeira reunião do ano dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da ABRH-SP, cujos integrantes foram eleitos para o triênio 2013-2015. Os tópicos iniciais da pauta foram a apresentação do relatório da auditoria, que teve parecer emitido sem ressalvas pela consultoria Deloitte, e o orçamento para 2013, aprovado pelo Conselho. Outro item da reunião, a exposição do Planejamento Estratégico da Associação, foi apresentado pelos diretores responsáveis de cada área.

Os presentes também aprovaram a criação da Regional Metropolitana São Paulo Oeste, que abrangerá a área geográfica composta pelas cidades de Barueri, Osasco, Jandira, Itapevi, Carapicuíba, Cotia, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus e Araçariguama (em breve serão divulgadas mais informações sobre a nova unidade da ABRH-SP no estado).

No início da reunião, Theunis Marinho, novo presidente do Conselho Deliberativo, falou das competências e atribuições do órgão (leia entrevista sobre o tema a seguir).

Gestão de Pessoas: Quais são as principais atribuições do Conselho?

Theunis Marinho: O artigo 34 do estatuto prevê nove atribuições. Destaco algumas delas, como zelar pelo cumprimento dos objetivos da ABRH-SP, de acordo com seus princípios e do Sistema Nacional ABRH; aprovar os atos normativos e o planejamento estratégico da diretoria executiva; aprovar o orçamento anual e eventuais modificações; após parecer do Conselho Fiscal, aprovar a escrituração contábil; e decidir sobre a conveniência de adquirir, alienar, transigir, hipotecar ou permutar bens patrimoniais.

GP: Qual é a importância do Conselho para a sustentabilidade da Associação?

TM: O Conselho tem uma incumbência de muita responsabilidade. Além de deliberar, existe uma tradição na ABRH-SP: o ambiente das nossas reuniões é sempre muito aberto para sugestões à diretoria executiva, além das atribuições formais. Portanto, todas opiniões e contribuições são sempre bem-vindas. 

GP: Pessoalmente, qual é o significado de presidir o Conselho?

TM: Foi minha atuação na área de RH, nos primeiros 13 anos de minha carreira, que sedimentou meu progresso na vida de executivo, me levando a atuar nas áreas de negócios, finanças e morar na Alemanha por quase 9 anos, até presidir a Bayer Polímeros S.A. aqui no Brasil, concomitantemente com a direção geral América Latina do Grupo de Negócios Plásticos de Engenharia do Grupo Bayer. Depois de muitos anos longe da área, volto agora com a missão de empenhar-me em retribuir um pouco do que recebi na minha experiência de RH. Sou muito grato a este meu passado. Em relação à gestão atual, posso dizer que, ao aceitar o convite da diretoria executiva para participar da sua reunião de planejamento estratégico, há poucas semanas, fui contagiado pelo entusiasmo da equipe. Trata-se de profissionais competentes e bem intencionados ao doar parte do seu tempo profissional para o bem da nossa ABRH-SP. Estou muito entusiasmado com o trabalho que temos pela frente.

Página Semanal da ABRH-SP 17 de Março de 2013

{module compartilhar}

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?