Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

INSTITUCIONAL: Isenção e segurança caracterizam processo eleitoral da ABRH-SP

No dia 9 de agosto, os associados da ABRH-SP vão eleger os integrantes da diretoria executiva e dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Associação para o triênio 2013-2015. Os interessados em concorrer terão de 9 de junho a 9 de julho para fazerem as inscrições. Como tem acontecido nos últimos anos, as eleições ocorrerão com o acompanhamento do Comitê Eleitoral, presidido pelo conselheiro e presidente da consultoria Lens & Minarelli, José Augusto Minarelli, e cuja função é garantir a isenção do processo eleitoral.

“Este é um momento importante tanto para os associados se candidatarem quanto para escolherem os próximos dirigentes”, alerta Minarelli, que já presidiu o Conselho Deliberativo da entidade. Ele destaca mais uma vez a realização das eleições de forma eletrônica, o que dá segurança ao processo e evita problemas de comparecimento dos eleitores.

Desde 2003, a ABRH-SP adota o sistema de votação eletrônica. “O processo é extremamente simples e totalmente seguro, e, talvez por conta disso, tem sido bem-sucedido”, avalia o conselheiro Francisco Antonio Soeltl, presidente e CEO da MicroPower, empresa que presta todo o apoio necessário, sem custos, para a realização das eleições pela web. “A MicroPower prepara o sistema com os nomes dos candidatos, cadastra os associados habilitados a participar das eleições e hospeda o sistema em seu Internet Data”, explica.

As eleições funcionam da seguinte forma: os associados em dia com suas obrigações com a entidade recebem um e-mail com senha. Na data definida para sua realização, eles devem entrar no site da ABRH-SP, na opção de eleições, para confirmar suas preferências. Quem vota uma vez não consegue votar novamente, nem saber qualquer informação do processo.

Segundo Soeltl, o sistema envia e-mails aos associados que não votaram de duas em duas horas, para lembrá-los da importância de sua participação, e alerta para o prazo final. “Encerrado o prazo estabelecido, o sistema veta qualquer ação. Somente o administrador acessa o resultado, porém sem os detalhes de quem votou e suas opções, ou seja, o voto é totalmente secreto”, garante.

Diretoria e conselhos exercem funções complementares

Para participar do processo eleitoral da ABRH-SP, os associados podem constituir chapas para concorrer à diretoria executiva ou se inscrever individualmente para as posições de conselheiros.

Órgão gerencial e operacional, a diretoria executiva é responsável pela administração e gestão da entidade. Já ao Conselho Deliberativo compete zelar pelo cumprimento dos objetivos da Associação de acordo com os seus princípios e do Sistema Nacional ABRH. O Conselho Fiscal é o órgão fiscalizador das contas apresentadas pela diretoria executiva. Os conselhos acompanham de perto e avalizam o trabalho realizado pela diretoria.

Jornal o Estado de São Paulo 15/04/2012

Comentários

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?