Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Leyla Nascimento é a nova presidente da federação mundial de RH

Presidente da ABRH-Brasil, no período de 2010 a 2015, da FIDAGH – Federación Interamericana de Asociaciones de Gestión Humana, de 2015 a 2017, e atual presidente do Conselho Deliberativo da ABRH-Brasil, Leyla Nascimento foi eleita presidente da World Federation of People Management Associations (WFPMA), cargo que assumirá em junho deste ano. Leyla é a primeira mulher na posição desde a fundação da federação mundial, em 1976. É a segunda vez que o Brasil ocupa a liderança da entidade – o primeiro brasileiro no cargo foi Sergio Luiz Hillesheim, em 1992.

“Trata-se de uma honra não só para o sistema ABRH, mas também para o Brasil e, principalmente, a liderança feminina brasileira, que Leyla, com seu talento, determinação e pioneirismo, representa tão bem. “É a mulher brasileira fazendo história”, resume o presidente da ABRH-SP Theunis Marinho.

“É uma conquista da liderança feminina que vem crescendo no mundo corporativo global. Pensando um pouco além, é uma conquista da liderança feminina da América Latina, que também traz uma mensagem de reconhecimento ao nosso continente. É também uma oportunidade que nós, Recursos Humanos brasileiros, temos. Venho acompanhando os casos de RHs de outros países e realmente não devemos nada em termos de práticas, modelos e aplicação dos conceitos e valores”, afirma Leyla.

A WFPMA reúne associações dos cinco continentes e tem ligados a ela cerca de 650 mil profissionais de RH distribuídos nos 93 países representados. Seu board é composto por treze pessoas, entre dois representantes de cada continente, o presidente, o secretário-geral e o presidente anterior, que sempre acompanha a nova gestão.

A principal meta da presidência de Leyla será promover o intercâmbio de conhecimentos e práticas entre as associações e entre os profissionais de RH dos países representados para que todos possam conhecer de fato o que cada um deles está fazendo na área. “São associações muito fortes com ótimos trabalhos. É uma oportunidade de muita troca e compartilhamento de conhecimento e, para mim, esse é o maior legado que podemos deixar”, finaliza Leyla.

Fonte: O Estado de São Paulo, 11 de Fevereiro de 2018.

Comentários

  1. wilson fontolan

    Dra. Leyla Nascimento deixo aqui meus cumprimentos a nobre colega da area de Recursos Humanos que certamente sera engrandecida com o trabalho que uma Mulher desenvolvera! Parabens. Fui um dos primeiros Presidentes de associação do genero nos anos 1970 -ARIZO – Assoc. dos Relaçoes Industriais da Zoa Oeste de SP e sempre acompanho as atividades das areas afins, pelo gosto pelo que fazia, antes de me aposentar. Presidente, feliz gestao e sucesso. Abcs. W.Fontolan

Deixe uma Resposta

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?