Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

TEMAS EM DEBATE – Como o RH pode lidar com a depressão do colaborador

Quarta principal causa de incapacitação em todo o mundo, a depressão se tornará a segunda causa daqui a oito anos e a primeira em 2030, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Outra pesquisa do órgão aponta que, em países desenvolvidos, de 35% a 45% das ausências no trabalho acontecem em função de problemas com a saúde mental e emocional.

O papel do RH nesse contexto cada vez mais preocupante foi discutido na palestra Depressão no Trabalho – Como lidar com isso?, apresentada na sede da ABRH-SP, na última quinta, pela psicanalista Débora Andrade, credenciada na Rede de Atendimento do CEP (Centro de Estudos Psicanalíticos).

Depois de conceituar a depressão, mostrar como as pessoas entram nesse estado e como saem dele, Débora levantou com os participantes como Recursos Humanos pode lidar com colaboradores em estado de depressão, levando em consideração que, na maioria das vezes, as pessoas com esse tipo de problema não procuram o RH para pedir ajuda por se sentirem envergonhadas ou por temerem que sua avaliação seja prejudicada.

Entre as ações que podem ser feitas pelo RH foram apontadas: transformar a depressão em números que implicam a produtividade para ter o apoio das lideranças na criação de ações de apoio; divulgar informações e serviços para que a pessoa procure ajuda externa; assumir um papel neutro de escutar a pessoa como relacionamento, não como RH; e promover o debate dentro da empresa, inclusive com a criação de programas preventivos que ajudem a diminuir o estresse no trabalho.

Página ABRH-SP – 13 de outubro

{module compartilhar}

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?