Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Tendências para o trabalho do HR Business Partner

Socorrista de emergência, que responde às reclamações e atende às necessidades dos funcionários; mediador, capaz de gerenciar conflitos entre colaboradores de todos os níveis; parceiro estratégico, que fala a língua dos negócios e identifica métricas; e gerente de operações, responsável por criar programas, políticas e procedimentos de RH. Essas são as funções do HR Business Partner na visão da diretora de Recursos Humanos da Laureate Education, Inc., Marcela Mange Niemeyer, que esteve na sede da ABRH-SP, na última quarta, para falar sobre o papel do HRBP na organizações.

Segundo Marcela, que trabalha no escritório corporativo da rede de ensino em Baltimore (EUA), onde dá suporte às áreas globais de TI e compras, para exercer tais funções, o HRBP precisa ter e desenvolver uma série de competências. Entre elas, perspicácia organizacional, trabalhar em parceria, atuar na resolução de conflitos, ser capaz de analisar dados, inovar, ter proatividade e ser um agente de mudanças.

Ela também abordou as tendências para a atividade em 2023: “A tecnologia vai acelerar a mudança para o HRBP estratégico; seremos cada vez mais focados na experiência do colaborador, oferecendo para ele o que ele está pedindo; vamos atuar como especialistas no design dos produtos para a área; e as carreiras em RH vão se tornar carreiras com muito pouco Recursos Humanos como conhecemos atualmente. Com isso, nosso trabalho será muito mais de gerenciar os dados integrados, realizar tarefas mais tecnológicas que operacionais e empoderar o gestor para que ele tenha autonomia nos processos de RH”.

A palestrante enfatizou a digitalização como uma prioridade de negócios, mas, para ela, hoje os colaboradores ainda não se sentem apoiados na Era Digital. “Cabe à gente, como HRBP, se inserir um pouco mais para tentar mudar esse cenário”, disse Marcela, que lembrou o grande retrocesso nessa área no Brasil em razão da crise econômica enfrentada pelo país.

Fonte: O Estado de São Paulo, 30 de Setembro de 2018.

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?