Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Trabalho portátil: Tendência que não tem volta

Questão inexorável e tendência sem retorno, o trabalho portátil vive agora o melhor momento para ser implantado nas empresas. Os números comprovam: 70% dos deslocamentos nas cidades são casa-trabalho; na cidade de São Paulo, as pessoas levam em média 46 minutos para ir de casa para o trabalho e mais 46 minutos no caminho contrário; 28% do tempo de um executivo é perdido com interrupções, desperdício que diminui quando ele trabalha fora do escritório. Não bastassem os números, um cenário de crise como o atual, mais do que nunca, pede inovações e soluções diferentes.

Esses foram alguns dos argumentos apresentados na palestra O Trabalho Portátil na Era do Conhecimento, realizada na última quinta, na sede da ABRH-SP, e comandada pela consultora Amelia Caetano, especialista em gestão de pessoas do Instituto Trabalho Portátil, e por André Brik, fundador do Instituto Trabalho Portátil e expert no tema home office.

Segundo os especialistas, a resistência gerencial e a legislação trabalhista pouco específica ainda são entraves para a implantação, mas as vantagens são muitas: 20% de redução de custos imobiliários e de consumo, redução de 10% no turn over e de 25% nos índices de absenteísmo, diminuição do trânsito e da emissão de poluentes, sem contar menos estresse para todos.

Programas de Estágio

Já nesta quinta, dia 15, a ABRH-SP promove, na sua sede, das 14h às 16h30, um debate sobre o tema Programa de Estágio – Os desafios para a construção do futuro. O evento será conduzido por Luiz Gustavo Coppola, superintendente de Atendimento do CIEE – Centro de Integração Empresa-Escola. Ele vai abordar a importância da combinação de maturidade e juventude para a renovação do ambiente de trabalho e apresentar as melhores práticas de programas de estágio do mercado no que diz respeito ao modelo, implantação, acompanhamento e gestão.

Atualmente, o CIEE mantém 500 mil jovens em programas de estágio em todo o país.

A participação no evento é gratuita para associados. Não associados pagam R$ 70.

Inscrições: (11) 5505-0545 ou eventos@abrhsp.org.br

 

Fonte: Jornal Estadão – 11/10/2015

Comentários

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?