Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

A prática da Governança Corporativa na empresa familiar

Na empresa familiar, os sistemas “família, propriedade e negócio” são integrados e interligados por membros que possuem características e expectativas distintas. As três dimensões estão intimamente relacionadas e são interdependentes. Na empresa, o foco está na competência, meritocracia e nos resultados. Na família, o funcionamento é atrelado ao vínculo emocional, harmonia, afinidade e confiança. 

“O desafio da família empresária consiste em conhecer e gerir os interesses e expectativas das diferentes gerações em cada esfera, minimizando a influência e as interferências negativas da família nos negócios e vice-versa, preservando o bem-estar familiar e saúde da empresa”, explica Adriana Adler, consultora em governança em empresas familiares, mediadora e coach. 

Para a consultora, os conflitos emergem pelo impacto e interferência das emoções e dinâmica da família nos negócios, que negligenciam os interesses coletivos, da família, empresa, clientes, funcionários e fornecedores. Os principais conflitos surgem em função de sócios diferentes com ambição ou visão distintas, assimetria de informações – membros familiares fora da gestão, sucessão, política de retirada e remuneração. 

“O caminho preventivo é a evolução da governança corporativa e familiar, pois atua nos limites e papeis de cada sistema. A atitude de trazer os temas à tona, uso da transparência, e definição de critérios claros de como a família pretende dar continuidade ao negócio faz toda a diferença. Na medida em que os assuntos são segregados em fóruns distintos de discussão, contribui de várias formas para o melhor entendimento entre os sistemas e entre todos que participam da empresa familiar”, esclarece Adriana.  

“Para enfrentar conflitos é interessante o aprimoramento das habilidades interpessoais e também contar com apoio externo, sejam de consultores, facilitadores ou conselheiros que tenham a competência para lidar com a família”, complementa.

 

A sucessão

O maior desafio das empresas familiares é a sucessão. Normalmente, a família não está acostumada a fazer reuniões com diálogo aberto planejando o futuro, formando uma visão, criando critérios de avaliação e regras de convívio. Este processo envolve temas tabus e difíceis de lidar e por receio de abalar a harmonia, postergam a conversa, fundamental para a evolução da família empresária. 

Toda família deve ser envolvida para alinhar a visão de futuro e construir as regras de entrada, saída, critérios de escolha e avaliação. Para iniciar o processo, a empresa familiar precisa, primeiramente, confirmar se há interesse em continuar nos negócios, explorando seu compromisso e aspiração. A coach Adriana sugere fazer as seguintes perguntas: até que ponto é vantajoso aos familiares continuarem na sociedade? Os acionistas atuais ou os herdeiros têm competência para conduzir o(s) negócio(s)?

A escolha do sucessor deve considerar competências técnicas, vocação, intenção, bagagem para a posição, habilidade de trânsito na família, liderança, visão de futuro e legitimidade junto aos colaboradores. O processo envolve permanente educação e preparação da futura geração, do sucessor e do sucedido.

 

A futura geração  

É importante que a futura geração entenda seus deveres e direitos como acionista, conheça as várias formas de contribuir na governança da empresa e da família e escolha o seu papel. 

“O caminho é o autoconhecimento, reconhecendo limites, talentos, competências, vocação e definindo um projeto de carreira. Assim, o jovem se prepara através da consciência coletiva. Quanto mais estruturada e preparada estiver a família, melhores chances para discutir e decidir tais assuntos”, conclui a consultora. 

Adriana Adler será a palestrante do evento “Temas em Debate”, que acontece no dia 09 de abril, das 13h30 às 16h30, na sede da ABRH-SP (Av. Luiz Carlos Berrini, 1297- cj. 92). 

O valor da inscrição para não associados é de 70 reais. Afiliados à ABRH-SP podem se  inscrever gratuitamente. As vagas são limitadas. A programação completa e formulário para inscrição estão disponíveis pelo link http://goo.gl/KUk71C

 

06 de abril de 2015

{module compartilhar}

Comentários

Deixe uma Resposta

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?