Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Fran´s Café e Vivenda do Camarão aderem ao Programa Trabalho Novo da Prefeitura de São Paulo

Desde o final de janeiro, a ABRH-SP apoia o Programa Trabalho Novo, iniciativa da Prefeitura de São Paulo que promove a reinserção da população em situação de rua no mercado de trabalho em parceria com as empresas privadas. A Associação tem feito a intermediação com os RHs de empresas empregadoras para facilitar a contratação dessa população.

Inicialmente, o McDonald´s atendeu ao chamado da ABRH-SP. A rede de restaurantes anunciou em 17 de março a contratação dos primeiros moradores em situação de rua. No dia 5 de abril, durante a reunião com o prefeito João Doria, mais duas empresas aderiram ao programa por meio da intermediação da Associação: as redes de franquias Fran´s Café e Vivenda do Camarão.

Durante a reunião, o prefeito fez um balanço do Trabalho Novo, que até aquela data tinha 230 pessoas em situação de rua contratadas, além de outras 7 mil vagas garantidas. A meta da prefeitura é empregar as 20 mil pessoas que vivem em situação de rua na cidade de São Paulo. “Só vamos mudar essa realidade, que é muito triste e desfavorável a uma parcela da população de São Paulo, com a oportunidade real de uma carteira de trabalho assinada, de um emprego, um salário. Isso é que é vida. É transformação”, disse João Doria.

“A Vivenda do Camarão está abraçando a proposta do projeto Trabalho Novo porque acredita que ações como esta contribuem para o desenvolvimento da cidadania e para a melhoria de vida das pessoas. Esperamos que isso motive outros empresários e empresas a fazerem o mesmo e que a iniciativa inspire outras prefeituras no país”, afirmou Fernando Perri, CEO da Vivenda do Camarão.

Gerente de Talentos Humanos do Fran´s Café, Ana Gabriela Ribeiro Dezan destacou as oportunidades abertas pelo programa: “Participar desse nobre projeto nos trouxe a possibilidade de ajudar o próximo, em especial as pessoas em situação de rua. A apresentação do prefeito Doria nos tocou profundamente e estamos abrindo inicialmente 10 postos de trabalho na rede do Fran´s Café, mas queremos também trazer novos parceiros para que juntos possamos ajudar essas pessoas e possamos atingir a meta do prefeito de empregar os 20 mil moradores em situação de rua”.

 

Capacitação socioemocional

O Programa Trabalho Novo não se limita à reinserção dos moradores no mercado de trabalho. Todos os selecionados passam por uma capacitação socioemocional para se prepararem para o treinamento profissional, com dinâmicas vivenciais realizadas pela ONG Rede Cidadã, especialista em geração de oportunidade de trabalho a pessoas em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é garantir que todos tenham as condições necessárias para completarem seus ciclos de ressocialização.

Outra ação da prefeitura para essa população é o Programa Espaço Vida, que tem como objetivo reestruturar os 83 abrigos municipais existentes na capital paulista com a colaboração da iniciativa privada. Segundo o secretário-adjunto de Assistência e Desenvolvimento Social Filipe Sabará, a revitalização tornará os abrigos centros completos de moradia, convivência e trabalho, com espaços destinados a oficinas de capacitação e qualificação profissional. Os lugares terão os quartos reconfigurados e haverá ainda áreas reservadas aos animais de estimação, que são considerados os melhores amigos dos moradores de rua, e às carroças, o ganha-pão de muitos deles que têm sua renda originada da coleta de resíduos.

 

 

 

Fonte: O Estado de São Paulo, 16 de Abril de 2017

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?