Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Gestão do Conhecimento na organização

Nossa realidade tem mudado constantemente com o passar dos anos e cada vez mais as empresas precisam acompanhar esse ritmo acelerado de mudanças, em que o conhecimento é parte das organizações e cabe a elas cuidarem do capital humano que detém esse diferencial. É imprescindível que a empresa fomente uma cultura na qual priorize o aprendizado e enraíze valores coerentes com aquilo que a organização busca no médio e longo prazo, visando, assim, ao equilíbrio entre seus colaboradores e suas estratégias organizacionais.

A velocidade das transformações tecnológicas e as alterações nas condições de vida têm afetado profundamente o conjunto de expectativas das pessoas na sua relação com as organizações e com seu trabalho, tais como:

  • Pessoas cada vez mais conscientes de si mesmas e, por consequência, mais mobilizadas pela autonomia e liberdade em suas escolhas de carreira e de desenvolvimento profissional;
  • Pessoas mais atentas a si mesmas em termos de sua integridade física, psíquica e social, que cultivam a cidadania organizacional e exercem maior pressão por transparências na relação da empresa com elas;
  • Pessoas com expectativas de vida maior, ampliando seu tempo de vida profissional ativa; como decorrência disso, há maior exigência de condições concretas para o contínuo desenvolvimento.

Sendo assim, a empresa deve criar políticas, valores e práticas que visem à conciliação das suas expectativas com a dos seus empregados.

Deve-se ter clareza a respeito do quanto é importante a empresa investir no desenvolvimento dos seus empregados para que estes adquiriram novos conhecimentos e sejam inovadores. O treinamento e desenvolvimento, juntamente com a cultura organizacional, está fortemente ligado à gestão do conhecimento, pois, se a empresa possui uma cultura que fomenta essa ideia, fica evidente que seus empregados irão se comprometer a buscar novos conhecimentos e aplicá-los no ambiente organizacional.

É pelas oportunidades de capacitação que se conseguem desenvolver profissionais e projetá-los socialmente. Trabalhadores em ascensão, satisfeitos e motivados, transformam os ambientes das organizações, deixando-os apropriados para atingir a excelência em termos de desenvolvimento organizacional. São mudanças comportamentais, tecnológicas e de processos que pressionam diariamente os membros das organizações a inovarem nas suas atuações profissionais, e as capacitações significam o instrumento principal para enfrentar e acompanhar os efeitos das contínuas mudanças.

É preciso saber validar que o conhecimento é o principal meio para obtenção de um diferencial competitivo e agregação de valor para as organizações. Dessa maneira, elas são obrigadas a repensar as suas concepções tradicionais, procurando criar formas que beneficiem a criatividade, a inovação e a aprendizagem contínua hoje e no futuro próximo.

Saber reconhecer as mudanças no ambiente externo é uma necessidade imperiosa para as organizações e os seus líderes deverão procurar os melhores caminhos para mantê-las competitivas. Tudo isso nos remete a um ponto-chave do assunto: as organizações não podem existir sem as pessoas e vice-versa, pois existe uma troca entre ambas as partes, tanto em questões básicas como complexas. Para isso, cabe à organização ser inteligente o suficiente para trabalhar junto com as pessoas.

Trazer as pessoas para o seu lado é um grande desafio que as empresas de hoje precisam exercitar diariamente, pois os resultados surgirão das pessoas que são parceiras da organização.

 

Por Marcel Castro, integrante do Grupo de Estudos de Educação Corporativa, de São Paulo (SP)

 

 

 

NOTA

Apenas R$ 1,00 por dia

Por apenas R$ 1,00 por dia, o profissional de Recursos Humanos pode se associar à ABRH-SP na modalidade Pessoa Física e, como resultado imediato, ter acesso a uma série de benefícios. Entre eles, descontos substanciais para participar do CONARH, um dos maiores congressos de gestão de pessoas do mundo, e descontos nas inscrições do CONALIFE – Congresso Nacional de Liderança Feminina, além de participação gratuita nos Grupos de Estudos promovidos pela Associação. Confira os demais benefícios em www.abrhsp.org.br.

Fonte: O Estado de São Paulo, 31 de Dezembro de 2017.

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?