Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Resiliência: competência essencial ao gestor de pessoas

Resiliência é a capacidade que o ser humano tem de vivenciar situações adversas, complexas, difíceis e se manter firme e equilibrado. O tema foi dissertação de mestrado da diretora de Conhecimento e Aprendizado da ABRH-SP, Edna Bedani. Para ela, a resiliência é uma competência fundamental para o gestor de pessoas, mas deve ser exercitada por todos os profissionais do século 21, momento em que o mundo passa por tantas transformações.

“Estamos em uma época de muitas mudanças como os surtos de doenças, etc, e tudo isso mexe com as pessoas. Para conseguir se manter estável, é fundamental que a pessoa tenha autoconhecimento de suas crenças e fortalezas, desta forma, você consegue utilizar suas potencialidades individuais, para então enfrentar as adversidades da vida”, afirma.

Todo gestor de Recursos Humanos tem tripla responsabilidade: além do autodesenvolvimento, ele precisa apoiar e orientar o desenvolvimento do gestor e da equipe. E, para lidar com as dificuldades individuais dos empregados e da empresa, ele precisa ser resiliente. “Diante das mudanças – inevitáveis em ambientes corporativos – ele tem que ensinar sua equipe a também ser estável. Estimular os gestores e colaboradores a olharem as mudanças de uma forma positiva, como uma fase de aprendizado a fim de manter o equilíbrio da equipe”, explica Edna Bedani.

Como qualquer competência profissional, a resiliência pode ser desenvolvida e melhorada. Para isso, Edna Bedani explica que existem consultorias, empresas de coaching individuais e em grupos que promovem o autoconhecimento e o desenvolvimento. Existem ferramentas para avaliar os níveis de resiliência, destacamos aqui duas formas: “A primeira é objetiva. Através de testes, que, inclusive, podem ser encontrados no site da Sociedade Brasileira de Resiliência (Sobrare). O outro caminho é o subjetivo que nós, gestores de pessoas, conseguimos perceber dentro das empresas, a partir da avaliação das atitudes de um colaborador. Sabemos quem são as pessoas que irão sofrer diante das mudanças”.

Quem quiser saber mais sobre o tema, poderá se inscrever para participar do II Congresso Brasileiro de Resiliência, organizado pela Sobrare, que acontece nos dias 15 e 16 de novembro.

Na ocasião, especialistas do país inteiro – e de diversas áreas – se reunirão para discutir a importância da competência que, segundo a própria Edna, “é um tema do ser humano, não só do RH ou da psicologia”.

Dois facilitadores do Grupo de Estudos em resiliência da ABRH-SP participam do evento como palestrantes: o Dr. George Barbosa e o psicólogo João Marcos Varella. As inscrições devem ser feitas no site:  http://www.congressoderesiliencia.com.br/index.php/inscricoes/

{module compartilhar}

Comentários

Deixe uma Resposta

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?