Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Ricardo Voltolini assume a diretoria de Sustentabilidade

Um dos mais experientes consultores empresariais do país em Sustentabilidade agora integra o time de voluntários da ABRH-Brasil. Diretor-presidente da Ideia Sustentável – Estratégia e Inteligência em Sustentabilidade, Ricardo Voltolini foi convidado pela presidente Elaine Saad para atuar na associação a fim de promover o envolvimento mais estratégico dos profissionais de RH com o tema nas organizações.
Para Elaine, a sustentabilidade ainda não foi efetivamente incorporada na agenda dos RHs e, quando está, é de forma pontual e esporádica, desvinculada da estratégia de negócio. Voltolini concorda. Ele conta que, ao longo de seus 19 anos como consultor, constatou que o RH era convidado a participar do plano de sustentabilidade sempre de forma operacional e quando tudo já estava conversado. “Mas a sustentabilidade gera, necessariamente, demanda por ações de desenvolvimento de pessoas. É preciso adotar, por exemplo, programas de educação corporativa; programas de autodesenvolvimento; ações on the job; comitês interdepartamentais; e remuneração variável condicionada ao resultado em sustentabilidade, não somente ao resultado econômico, entre outras iniciativas.”

O caminho para mudar isso passa por envolver o RH, provocar reflexões, orientá-lo e muni-lo de conhecimento para que, ao olhar para a organização, consiga fazer a conexão entre a sustentabilidade e a estratégia do negócio, identificar janelas de oportunidades e ser mais autônomo para participar da construção de uma cultura de sustentabilidade. O objetivo da nova diretoria é justamente promover a gestão de conhecimento em sustentabilidade oferecendo aos RHs um repertório de ideias para reflexão e ação no dia a dia.

“Uma empresa não pode mais consumir recursos naturais como sempre fez. Hoje não se aceita mais isso, assim como não se aceita mais a ideia de obter lucro em prejuízo das pessoas e do meio ambiente. Uma ideia em ascensão é a de que o lucro será mais legítimo quanto mais vier de uma ação empresarial que produza benefício para as pessoas e o meio ambiente”, salienta o novo diretor da ABRH, afirmando que esse movimento, ao contrário do que muitos pensam, não é um modismo; veio para ficar.

“Temos de produzir e consumir de forma a não criar um passivo ambiental e social a ser pago a penas duríssimas pelas próximas gerações”, finaliza.

Não é uma questão de predomínio. Também não se trata de confronto ou oposição. Muito menos de medir forças. A ideia é equilibrar e compartilhar oportunidades para construir um mundo diverso, completo, justo e livre.

É hora de todos começarmos a entender o gênero com uma só visão ao invés de dois lados de ideais opostos.” – Emma Watson, atriz e Embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres, no discurso de lançamento da campanha HeforShe, em 2014

Homenagem da ABRH-Brasil a todos os que comungam com o ideal da equidade de gênero

8 de março – Dia Internacional da Mulher

Página da ABRH Brasil – Jornal O Estado de São Paulo

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?