Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

GESTÃO DE DESEMPENHO: SUA OPORTUNIDADE PARA CRESCER

Como construir uma cultura forte, com políticas e metas claras sobre desempenho? Em outras palavras, como medir aspectos como produtividade, proatividade e aperfeiçoamento de competências? Essa questão, talvez a principal em todas as organizações, é certamente das mais polêmicas no RH.

Tema de um dos Grupos de Estudos da ABRH-SP Metropolitana Oeste, “Gestão de Desempenho” é um processo que tem início, meio e tomada de decisão contínua. Cada empresa deve pesquisar, avaliar e implementar o modelo que se adeque a sua realidade, perfil e cultura organizacional”, diz Janaína Maia, diretora de Capital Humano do Walmart e coordenadora do grupo.

Em palestra aberta, na última semana, Janaína contou um pouco da sua experiência na empresa e trouxe à luz preocupações que serão trabalhadas no grupo. “O desafio de Recursos Humanos é garantir o alinhamento entre as metas individuais e departamentais com as estratégias organizacionais.”

Na estratégia de gestão de pessoas, o sistema Gestão de Desempenho equilibra a balança do Reconhecimento e Recompensa. Mede o nível de conhecimento da organização e o nível de comprometimento dos profissionais. Também tem grande influência nos processos de feedback.  “Feedbacks estruturados, claros e cuidadosos proporcionam benefícios, quando feitos por meio de instrumentos efetivos de aprendizagem e desenvolvimento do liderado e do líder”, resume.

O uso de coaching, por exemplo, é uma boa maneira de captar anseios e sugestões que, muitas vezes, não chegam por canais mais formais. É também uma boa bússola para a área de treinamento. Janaína acredita que “o alinhamento de expectativas é extremamente importante. O profissional deve deixar claro suas aspirações e obter da sua liderança um feedback das suas aptidões para o caminho almejado”.

Para ela, “um processo de Gestão de Desempenho efetivo depende, sobretudo, de uma liderança eficaz e eficiente, que constitua o elo de alinhamento entre indivíduo e as estratégias da empresa. Cabe à liderança a promoção das adaptações necessárias para gerar a sinergia”.

Mesmo que você ainda não seja líder, prepare-se. O grupo que discute o assunto se reúne uma vez por mês. Poucas pessoas para que a atenção no desenvolvimento seja plena: “Participar de Grupos de Estudos agrega valor no desenvolvimento do profissional, proporciona diferencial competitivo em processos seletivos, além de ressaltar competências essenciais que as empresas buscam nos candidatos,” ressalta Janaína.  

Mais informações: rmo@abrhsp.org.br 

 

Fonte: Folha de Alphaville – 01 de abril de 2016 

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?