Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Gamification para obter maior engajamento das equipes

Nesta edição, o jornal Gestão de Pessoas publica dois artigos produzidos pelos Grupos de Estudos da ABRH-SP, organizados no ano passado em São Paulo, sobre o tema Gamification. Confira:

Com a amplificação das ações de gamification (gamificação) pelos RHs das empresas torna-se urgente a necessidade de que os profissionais de Recursos Humanos entendam como aplicá-la com maior efetividade.

Pá Falcão, especialista em gamificação que contribuiu muito com o Grupo de Estudos de Educação Corporativa em 2019, da ABRH-SP, explica que qualquer experiência, desde a infância até a vida adulta, pode conter gamificação. Por exemplo, o simples aviãozinho de uma mãe motivando a criança a se alimentar. Ela ensina que a gamificação ocorre quando em uma atividade existem componentes de um jogo.

Para avaliar a efetividade da gamificação podemos utilizar a “octalysis” (octalise) criada pelo chinês Yu-Kai Chou, que é um instrumento de aferição que compreende oito dimensões: meaning (significado), empowerment (empoderamento), social influence (influência social), unpredicability (imprevisibilidade), avoidance (evitação), scarcity (escassez), ownership (posse) e accomplishment (realização).

O jogo tem como essência a diversão, a competição (exceto em jogos cooperativos) e pode ainda ser um passatempo. Já a gamificação tem algum objetivo, algo a ser alcançado, um resultado a ser obtido.

Importante também destacar que a gamificação independe da tecnologia. Apesar de muitas ações ultimamente serem realizadas com o apoio de realidade virtual ou realidade aumentada, a gamificação, como no exemplo do aviãozinho, ocorre ao utilizarmos algum elemento de jogo para que objetivos sejam alcançados com maior engajamento.

A gamificação é muito utilizada pelas áreas de Marketing em suas relações com o consumidor e podemos aprender muito com toda inovação e tecnologia aplicada para tal fim.

Na área de Recursos Humanos, a gamificação é mais utilizada do que imaginamos, como, por exemplo, em avaliação por competência, ações de motivação, treinamentos técnicos, formação de líderes, etc. Todo esse conhecimento é imprescindível para a efetividade e engajamento dos colaboradores nas ações de aprendizagem.

Fonte: O Estado de São Paulo, 29 de Dezembro de 2019.

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!