Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Reflexões sobre coaching

O coaching veio pra ficar. Aqui, nos Grupos de Estudos da ABRH-SP, nos propomos a apresentar algumas das ideias desenvolvidas ao longo de oito meses de estudos sobre o tema.

A metodologia de coaching gera transformações e aperfeiçoamentos que auxiliam as pessoas a terem foco na potencialização de processos e resultados excelentes.

A palavra-chave é motivação para ação. O tempo perdido, os objetivos adiados, os relacionamentos estressantes, as metas esquecidas... Tudo isso será discutido entre coachee e coach, numa conversa assertiva e apoiadora para a mudança desejada.

Flexibilidade, predisposição e efetividade

O sucesso é construído por uma parceria que exige comprometimento com essas premissas. Ser flexível é se lançar a novas experiências, é abrir mão de velhos hábitos e crenças que condicionam nossos comportamentos. Ter vontade e estar predisposto a abraçar novos desafios é o combustível para essa transformação. Quando há bloqueios, autossabotagem, procrastinação, eles precisam ser encarados e superados para que efetivamente o cliente comemore seus melhores resultados em curto espaço de tempo.

Realizar metas em prazos “enxutos” é uma característica diferenciada e exigida no cenário atual. Queremos avançar logo, por isso o coaching tem evoluído tanto no âmbito pessoal quanto no profissional.

Nos trilhos da ciência e não da moda

Universidades como da Pensilvânia, Harvard, Cambridge, dentre outras ao redor do mundo, têm investido altas cifras para comprovar teorias, técnicas e ferramentas que aumentem a felicidade, a satisfação, a positividade e a realização nas suas várias dimensões. Tais estudos alicerçam a base de conhecimento para aplicação no coaching, aliados a outras correntes como Filosofia, Física Quântica, Neurociência, Psicologia Positiva, PNL, MBTI, DISC.

Obviamente, tudo o que é novo demora a ser assimilado de maneira correta e responsável. Esse movimento é atropelado pela ansiedade desmedida e antiética de alguns profissionais que, pela confusão conceitual e oportunista, difundem uma ideia errônea do que é o coaching.

Lição de casa para coaches

“Conheça-te a ti mesmo.” Esse pensamento nunca foi tão atual! O autoconhecimento é a base para melhorarmos os processos e resultados externos. Tudo começa no nosso íntimo para que tenha sustentabilidade no meio. O profissional coach deve manter suas questões internas, morais e éticas alinhadas e em constante ressignificação, sem julgar, conduzir, direcionar ou influenciar o seu cliente. A liberdade de escolha consciente e a aprendizagem contínua devem permear tanto o coach quanto o coachee.

Por Isabel C. Cruz, Silvia Martinelli e Solange Baladelli Cardoso (integrantes) e Sandra Tambara (facilitadora) do Grupo de Estudos de Coaching II, de Sorocaba

Grupos de Estudos em Alphaville

Por falar em Grupos de Estudos, a Regional Metropolitana Oeste da ABRH-SP abriu as inscrições para dois grupos noturnos sobre temas bem atuais: Educação Corporativa e Gamificação; e Futuro do Trabalho – Organizações 4.0.

Mensais, as reuniões vão acontecer de agosto a novembro, das 19 às 21 horas, no Wework Alphaville (Alameda Rio Negro, 1477). Vale lembrar que a atividade é restrita a associados da ABRH-SP.

Mais informações: https://bit.ly/32wiZry

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!