Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Sucesso marca primeira edição do CONALIFE

A primeira edição do CONALIFE – Congresso Nacional de Liderança Feminina, que tem como mote “Um Caminho sem Volta”, e teve mais de 700 inscritos, foi realizada com sucesso na última quinta, no Teatro Cetip – Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. O evento, promovido pela ABRH-SP em parceria com a ONU Mulheres, proporcionou aos congressistas debates com painelistas e moderadores altamente credenciados, muita reflexão sobre o que é preciso fazer na prática para avançar nas questões relativas à equidade de gênero e empoderamento das mulheres e uma ação concreta, anunciada pelo presidente da ABRH-SP Theunis Marinho: uma ação popular para ampliar em duas etapas a participação feminina nas casas legislativas (federal, estadual e municipal), inicialmente para 30% e, na legislatura posterior, para 50%, mudando a lei nº 9.504, de 1997, que exige que os partidos e coligações tenham 30% de mulheres na lista de candidatos para eleições. “Afinal, a população brasileira tem 51% de mulheres e 49% de homens”, lembrou Marinho.

O projeto de lei de iniciativa popular previsto no artigo 61, parágrafo 2º da Constituição Federal de 1988, será entregue à presidência da Câmara dos Deputados. “A ação precisa de no mínimo 1% da população eleitoral nacional mediante assinaturas distribuídas por pelo menos cinco Estados federativos e no mínimo 0,30% dos eleitores em cada uma dessas unidades. A ABRH-SP quer se unir a todas as entidades e movimentos da sociedade civil que veem Justiça nessa causa, incluindo também a ABRH-Brasil e todas as demais seccionais”, completou Marinho.

A abertura do CONALIFE teve a participação da representante do Escritório da ONU Mulheres no Brasil Nadine Gasman. “Todos nós que trabalhamos na construção de um planeta 50-50 igualitário sabemos que a chave para atingir essa proporção são as pessoas que fazem o recrutamento nas empresas e que tomam conta das condições de trabalho. Falar para uma audiência lotada por essas pessoas neste teatro é realmente um grande privilégio”, disse Nadine.

Já programação teve, ao longo do dia, a apresentação de três painéis com os temas: Conhecimento, Atitude e Inspiração.

 

Fonte O Estado de São Paulo – 26 de junho de 2016

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?