Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

CORHALE publica manifesto em prol da empregabilidade

Diante do desolador quadro de desemprego do país, que atinge cerca de 13 milhões de pessoas, segundo dados da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no início de agosto, o CORHALE – Comitê RH de Apoio Legislativo, braço legislativo da ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos) em todo o Brasil, vem a público manifestar a sua preocupação com a melhoria da empregabilidade no país e convocar a sociedade, através do Estado, a tomar medidas que favoreçam a criação de empregos e a contratação de mão de obra.

Para o CORHALE, uma das ações mais efetivas e urgentes para reverter esse quadro é a diminuição do ônus do mercado de trabalho por meio da redução do custo da folha de pagamento de forma horizontal, com responsabilidade fiscal. Como é sabido, o alto custo da folha impede a criação de empregos em número e na qualidade necessários para o país, além de estimular a informalidade e criar um ambiente de insegurança jurídica – o CORHALE tem convicção de que a informalidade só diminuirá quando o custo da formalidade for muito próximo ao custo da informalidade.

O caminho da desoneração igualitária não é desconhecido. Já foi trilhado recentemente pelo governo federal quando, a fim de conter o impacto do isolamento social em razão da pandemia de Covid-19 no mercado de trabalho, adotou medidas, como a redução de jornada com garantia de emprego e a suspensão do contrato de trabalho, com a redução do pagamento de encargos pelas empresas, o que fez com que milhões de empregos fossem preservados.

Se o caminho já foi trilhado e as consequências da desoneração da folha de pagamento são bastante conhecidas, resta somente ao governo abrir o diálogo com os atores das relações de trabalho para que, juntos, possam colocá-la em prática, revertendo a curva de alta do desemprego e da informalidade. Afinal, a maior política social de um país é o emprego.

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRH-SP - 21  de Setembro de 2020

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!