Facebook Pageview

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Desafios e oportunidades dos BPs de RH na pandemia

De um lado a objetividade do mundo organizacional, de outro a subjetividade humana, entre elas “o elo” que traduziu o poder da paixão, através do foco na estratégia dos negócios e, simultaneamente, no respeito ao ser humano. Sim, estamos falando dele: nosso protagonista, o Business Partner de RH.

Destacamos aqui um cenário que se revelou ser o novo parâmetro. Distantes no espaço físico, mas juntos pelo propósito, desconstruímos o modelo estabelecido e traçamos novos parâmetros para a construção de um novo caminho. Caminho este que pode ser definido como o “novo normal”.

Porém, ao nos referirmos a esta arte de se reinventar, entendemos que só a coragem expressa neste enfrentamento pôde sustentar com coragem e acolhimento todas as adversidades que emergiram nesta pandemia.

As incertezas deste momento possuem impactos significativos, destacando um dos principais pilares das organizações, que se refere à gestão de pessoas, e, neste momento, a atuação dos BPs frente a este novo cenário precisou ser reforçada sob um tripé de sustentação, tanto direcionado à manutenção dos negócios, quanto em relação às pessoas, delineando: a parceria, o dinamismo e a força sinérgica.

O fortalecimento desta parceria emergiu no momento do caos vivenciado, das incertezas compartilhadas, da gestão a distância, da adaptação dos processos tecnológicos/home office e na mudança necessária de mindset da liderança para alcance dos resultados.

A rapidez das ações aliada a uma análise cautelosa, através de uma visão integradora da diversidade e diferentes necessidades e especificidades, buscou garantir a entrega de todos os processos, de modo ágil e no curto prazo, sem que as questões emocionais fossem esquecidas, mas respeitadas e cuidadas.

A sinergia gerou oportunidades de juntos atuarem em prol da gestão desta mudança, enfrentando os riscos, mas acreditando que a transformação seria possível, refletindo a confiança gerada.

Contudo, não há dúvida de que a resiliência e a empatia foram “os elos” que se traduziram em garra e enfrentamento destes novos desafios, mas que também geraram oportunidades e importantes impactos em todas as dimensões dos negócios, ainda incalculáveis, desencadeando “disrupturas” imediatas, jamais pensadas para as empresas (globalmente e localmente), e que, com certeza, trarão ao Brasil, no pós-pandemia, a nova dimensão nas relações humanas e do trabalho.

 

Por Valéria Silva, participante do Grupo de Estudos BP RH Ágil, de São Paulo (SP), com coparticipação dos facilitadores Carlos Prado, Fátima Farias e Ana Keil 

 

São Paulo, 08 de Fevereiro de 2021

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!