Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Sua situação financeira pode fazê-lo perder o emprego?

A preocupação com “educação financeira no ambiente de trabalho” é algo relativamente recente no Brasil, mas o assunto vem sendo estudado e acompanhado com alguma atenção nas economias desenvolvidas há um bom tempo.

Eu vivo em constante contato com gestores de recursos humanos e, baseado nas minhas observações e conversas com esses profissionais, é quase unânime a percepção de que os desafios financeiros dos funcionários afetam a performance do empregador. Minha conclusão é empírica (até porque desconheço pesquisas formais sobre o tema feitas no Brasil), mas nos Estados Unidos, segundo pesquisa da Society for Human Resource Management, realizada em janeiro de 2012, 83% dos profissionais de RH acreditam que as angústias financeiras dos funcionários têm, SIM, impacto negativo na empresa.

A simples percepção de que um funcionário está com problemas financeiros já é o suficiente para que ele se torne um foco de atenção e, definitivamente, não “no bom sentido”. O funcionário com problemas financeiros torna-se (é lamentável ter que dizer isto…) um “risco” para a empresa e por isso deve ser observado (e, se possível, ajudado).

O universo das finanças pessoais é bastante amplo, mas, aqui no Brasil, o assunto que é disparado o “campeão de audiência” é o endividamento.

O endividamento é um problema interessante, até porque, tecnicamente falando, ele não é um “problema”. O endividamento é a CONSEQUÊNCIA (ou o sintoma, se preferir) do desequilíbrio financeiro, este sim o verdadeiro problema.

 

Clique aqui para ler o artigo na íntegra.

{module compartilhar}

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?