Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Tendências de inovação em Recursos Humanos são destaques nas palestras do CONARH 2016

Quais as ferramentas que irão movimentar o segmento de RH nos próximos anos? Como aumentar a produtividade de equipes e promover melhorias no ambiente organizacional das empresas por meio da inovação? Essas foram algumas das questões abordadas por renomados especialistas do mercado de tecnologia no CONARH 2016, os quais forneceram diferentes visões sobre o futuro do setor de Recursos Humanos para os participantes do congresso.

Justamente com o intuito de aumentar a capacitação, a conectividade e a troca de experiências entre os profissionais de recursos humanos, a ABRH-SP lançou no CONARH deste ano o aplicativo FindeHR, que possibilita a geração de parcerias e a divulgação de conteúdo relevante relacionado ao setor de RH. “O papel central da ABRH-SP é nos fornecer informações relevantes e atualizadas sobre o mundo de Recursos Humanos e poder ter acesso a tudo isso por meio de um aplicativo é algo fundamental”, observa Rosana Haddad, congressista do CONARH 2016 que conheceu o aplicativo no primeiro dia do evento.

 

Saiba o que ocorreu nas principais palestras sobre tecnologia do CONARH 2016

 

No primeiro dia do evento (15/08), o destaque ficou por conta da participação do professor da Fundação Dom Cabral, Hugo Tadeu, o qual ressaltou a importância de aumentarmos a eficiência da inovação no Brasil com foco no longo prazo. Para o docente – que ministra disciplinas na área de Inovação e Empreendedorismo -, as empresas precisam direcionar esforços rumo à excelência operacional, geração de conhecimento e a inovação disruptiva.

Em perspectiva semelhante, Deli Matsuo, fundador e CEO da Appus – empresa que oferece soluções de HR Analytics (People Analytics) -, comentou que hoje o mercado enxerga mais valor na informação do que em ativos materiais. Além disso, Matsuo acredita que as ferramentas de Analytics devem ser usadas como um suporte informacional e não como os únicos elementos a serem levados em conta para a tomada de decisões.

No terceiro dia do CONARH 2016 (17/08), o evento contou com a participação de Alessandro Saad, professor de pós-graduação da Business School de São Paulo. Para Saad, os novos profissionais do mercado exigem feedbacks em períodos mais curtos e processos que incentivem a aceleração do desenvolvimento em uma companhia.

Outro participante do terceiro dia do congresso foi Fabio Marras, engenheiro e diretor técnico na IBM, o qual prevê grandes mudanças no mercado de RH no curto prazo. Por este motivo, aqueles que atuam no segmento precisam manter-se sempre em busca de conhecimento e informação.

O encerramento do evento ainda contou com uma série de palestras e apresentações sobre as tendências da tecnologia no universo dos Recursos Humanos. O painel conduzido por Ricardo Marino (vice-presidente do Itaú para a América Latina) e Claudia Politanski (vice-presidente dos setores jurídico, recursos humanos e ouvidoria do Itaú), por exemplo, teve como tema central, a importância de uma cultura organizacional eficiente como fonte de inovação e transformação.

Para a mediadora do debate e vice-presidente da ABRH-SP, Lilian Guimarães, uma cultura bem estruturada é indispensável no ambiente de negócios contemporâneo. “As novas gerações exigem uma visão clara da missão e da cultura que orienta uma empresa”, conclui Lilian.   

 

Fonte: Comunicare – 19 de agosto de 2016

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?