Liderança Feminina

Veja o clipe do evento de lançamento.


 

O Grupo de Liderança Feminina da ABRH-SP foi criado em abril de 2014. Coordenado pelas vice-presidentes da entidade, Edna Bedani, Edna Vasselo Goldoni, Lilian Guimarães e Luciana Carvas, a iniciativa tem como objetivo desenvolver temas relacionados aos desafios das mulheres e à valorização do feminino.

 

“A representatividade feminina hoje no mercado de trabalho brasileiro é de 58,9%. No entanto, temos muito a superar nesse campo. A carreira feminina enfrenta dificuldades por questões e aspectos socioculturais não muito perceptíveis, relacionados ao gênero e não à qualificação e competência das mulheres. O desafio das instituições ao focar neste público está, portanto, em construir um relacionamento que auxilie as mulheres a articular as quatro faces de seu cotidiano: conquistar espaço em casa e no trabalho; organizar o tempo; equilibrar as vidas profissional, familiar e pessoal; e cuidar dos familiares, funcionários e empreendimentos enquanto mantêm uma posição de liderança. Trata-se de criar um novo modelo de relacionamento para essa mulher, que é fundamental para o crescimento sustentável da economia. Para acompanhar tal cenário, a ABRH-SP criou o grupo de Liderança Feminina, cujo objetivo é desenvolver temas relacionados aos desafios das mulheres e à valorização do feminino. Nosso primeiro evento será realizado no dia 8 de abril, no Hotel Tivoli SP Mofarrej, das 8h30 às 11h30, e contará com a participação da liderança feminina empresarial.” Edna Vasselo Goldoni

 

“Ser mulher reflete inicialmente sensibilidade, bom senso, força e colaboração! Tais ingredientes juntos compõem uma potência humana, que envolve multitarefas, multi-humores, multi-independência, multi-inteligência e muita garra! É assim que vejo as mulheres, envolvidas com vários assuntos. A ABRH-SP, ao idealizar um grupo de Liderança Feminina, demonstra que valorizamos todas as mulheres por sua garra, inteligência e luta para conquistar um espaço que lhes pertence, num mundo ainda muito masculino. Queremos provocar reflexões e discussões sobre tendências de atuação da mulher no mercado de trabalho e na sociedade, espaços possíveis de ocupação feminina na geração dos resultados tão esperados para os negócios e a sociedade, sem que ela tenha que abrir mão ou deixar em segundo plano sua vocação e papel essencial de ser mulher, mãe, companheira, amiga, ou seja, de ser ‘si mesma’! Juntas temos mais força, mais garra e fazemos diferença!” Edna Rodrigues Bedani

 

“As tendências e pesquisas dizem que teremos cada vez mais mulheres na liderança das empresas. Ouço isso há bastante tempo e, apesar dos números crescerem, a velocidade tem sido bem menor do que eu esperava quando comecei a participar dessas discussões no início dos anos 2000. O mundo mudou e as mulheres mudaram! As jovens com quem tenho trabalhado nesses anos têm dado muita importância para sua família e já não precisam ser como as mulheres da minha geração, que, para terem sucesso profissional, se comportavam como homens, muitas vezes esfacelando sua vida pessoal, seus casamentos e outros relacionamentos em prol da carreira. Gostaria de, com a criação do grupo de Liderança Feminina, celebrar essa evolução importante e que aconteça o que o universo tiver reservado para nós, mulheres, na liderança. Isso é apenas uma parte de uma felicidade muito maior.”  Lilian Guimarães

 

“Mulher, profissional, mãe, companheira, líder, amiga… Tantos papéis, tantas facetas me vêm à mente ao buscar palavras que possam me ajudar a traduzir a homenagem que eu gostaria de prestar a todas nós em um mês tão emblemático, que na verdade evidencia a evolução do nosso lugar na sociedade ao longo de tantos anos de suor, risos e lágrimas… Conseguimos o nosso lugar ao sol! Chegamos lá! Sabemos o quão árdua por vezes vem sendo essa jornada. Por isso, nada melhor do que comemorar mais um ano de conquistas do que tendo o privilégio de fazer parte de um novo grupo que surge sob a marca de uma entidade tão poderosa quanto a ABRH-SP: o grupo de Liderança Feminina! Mulheres que lançam tendências, que formam opinião, que definem rumos em nossa sociedade, juntas, com o objetivo comum de tratar dos temas pertinentes às mulheres com a coragem de quem sabe fazer a diferença.” Luciana Carvas