Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Descubra como o RH agrega ao negócio

Programe-se para descobrir como o RH pode agregar valor ao negócio

 

A discussão sobre como RH pode agregar mais valor ao negócio e maximizar os resultados na visão dos próprios profissionais da área de Recursos Humanos e dos gestores de negócios é o tema do seminário que o G3, um dos mais tradicionais grupos informais de RH do Brasil, promove no dia 7 de outubro, das 8h30 às 12h30, no auditório da Universidade Anhembi-Morumbi (Rua Casa do Ator, 275), na capital paulista.

 

Tendo como ponto de partida o tema central Transformação e Geração de Valor em Recursos Humanos e Gestão de Negócios, o evento vai provocar reflexões: na visão dos gestores de negócios, o que RH tem de fazer mais para ajudar e agregar mais no resultado?; como medir a contribuição da gestão de pessoas para o negócio?; será que está faltando RH rever os seus processos e ter métricas para medir esta contribuição?; será que ainda falta uma visão mais estratégica de negócios?; RH está conseguindo fazer a tradução das necessidades dos negócios para os seus processos de gestão?

Serão dois painéis. No primeiro, executivos de diferentes áreas vão dar a visão dos gestores de negócios. No segundo painel, será a vez de executivos e consultores de RH falarem o que pensam sobre o tema. O objetivo do G3 é proporcionar aos participantes alguns insights de como RH pode trabalhar mais próximo ao negócio e agregar mais valor através dos seus processos.

 

O evento terá como palestrantes: Iuri Miranda, CEO do Burger King; Alexandre Flaith, CEO da Convatec; Marcelo Spaziani, vice-presidente SW Latam da IBM; Agricio Neto, vice-presidente de Marketing e Programação da Sky; Marcelo Nobrega, vice-presidente de RH do McDonald´s; José Tolovi, CEO do Great Place to Work; Luiz Wever, sócio da Odgers Berndtson; e Daniela Diniz, editora sênior da revista Você S/A.

 

Inscrições: g3seminario@prospectbrasil.com.br

 

Coluna MEDIApool

 

PREPARE-SE PARA DEFENDER SUA IDEIA

 

Em época de vacas magras, pode-se imaginar que ideias para ampliar o mercado, trazer clientes, impulsionar produtos e serviços são bem-vindas pelos líderes. Podia ser fácil assim, né? Mas passar pela sabatina requer muito preparo e racionalização. Você domina todas as perguntas que podem ser feitas? Respostas na ponta da língua?

Primeiro desafio é escolher as palavras certas para apresentar seu projeto: poucas palavras para destacar os aspectos positivos, com benefícios listados de maneira clara.

Não se intimide com a audiência, sempre tem, na plateia, alguém que faz aquele tipo cético, que não vai acreditar que a novidade vai funcionar. Saiba lidar com frases que saem dele por instinto: enfrentar o desconhecido não é da natureza de todos os humanos. O perfil aventureiro tende a se intimidar quando o terreno é o bolso. Por isso, tenha o máximo de informação para usar – se necessário.

Em termos de linguagem, parafrasear esse interlocutor pode ser uma boa maneira de envolvê-lo. Use as palavras dele para apoiar seu projeto. Mas só faça se tiver desenhado essa estratégia com antecedência. Analogias bem fundamentadas (sem clichês) esclarecem argumentos.

Mas e quando o contra-argumento esbarra na realidade? O exemplo mais comum no momento? Reconhecerem que sua ideia é fantástica, mas… não têm dinheiro. Qual a alternativa que preparou para lidar com essa realidade? Seja flexível. Construa a transformação em etapas e com métricas que incentivem o próximo passo. A empresa pode ainda não estar preparada, mas você está e mostre que pode guiar os resultados.

 

Fonte: Folha de Alphaville – 18/09/2015

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?