Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

REAVALIE ESSA POSSIBILIDADE

Trabalhar em empresas de contact center ou call center – como são mais conhecidos – sempre foi visto como um desafio de resistência. Para sorte de quem está no mercado, este cenário mudou para melhor.

Ser atendimento era a opção de muitos para “pagar a faculdade”, mas com as mudanças no setor essa posição pode ser a porta de entrada para diferentes carreiras. Quer conhecer melhor esse novo mercado?

Separamos um exemplo: a Algar Tech. Com a ampliação das atividades em 2008, as perspectivas para quem está na linha de frente mudaram e a filosofia da empresa também. “Construímos uma visão interna de carreira e de visão de futuro, assim o atendente ganhou outras alternativas. A área de TI é uma delas”, explica Marco Aurélio Borges Matos, diretor de operações BPO e aplicações.

A preocupação com a carreira mudou e até a sigla do RH virou TH – para cuidar de talentos. Desde o início o funcionário assinala que tipo de carreira quer seguir e a empresa vai capacitá-lo para esse caminho.

E o que está conseguindo é reverter aquela sensação incômoda que a gente tinha quando alguém falava que era atendimento num call center…

O orgulho de trabalhar na Algar vem aumentando. Só ano passado somou mais 11%, resultado do Programa de Microclima. O que quer dizer? Gestores focados nos problemas e soluções do seu grupo, com metas de satisfação adequadas a esse time. Além dos resultados positivos, tem também premiação. Entre elas, uma casa. 

E do outro lado do telefone, o que mudou? Com o ambiente de trabalho em sintonia do lado de cá, o cliente percebe do lado de lá.

Se você está se candidatando a uma vaga em um Contact Center, aqui vão algumas dicas importantes: para ser um bom atendimento precisa conhecer bem o produto ou serviço que está em questão, assim como as empresas envolvidas. Pergunte, já na admissão, qual o perfil do cliente com quem vai conversar para mergulhar nas questões que podem aparecer. Lembre-se de que do outro lado tem outro ser, que, como você, tem outros problemas e que a empatia é o segredo de qualquer relacionamento. Outra ressalva importante: cada telefonema é uma oportunidade e uma lição para a carreira. E, finalmente, o colega do lado pode não ser seu melhor amigo, mas pode ajuda-lo a subir um degrau. Acredite.

 Fonte: Folha de Alphaville, 30 de abril de 2015

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH há um ano, as palestras que participamos na ABRH tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!