Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Conclusões de uma pesquisa sobre Faking e suas dimensões culturais

A apresentação de uma pesquisa sobre a reação de recrutadores perante as fraudes cometidas em entrevistas de trabalho sob a perspectiva das culturas é o tema do evento que a ABRH-SP promove nesta quarta, a partir das 9 horas, na sua sede. O alemão Bernhard Hilpert,estudante do último período do curso de Psicologia da Universidade de Saarland, na Alemanha, e integrante do grupo de pesquisa em Psicologia do Trabalho e das Organizações na mesma universidade, vai falar sobre a pesquisa que analisa dados de Faking de diferentes países de acordo com dimensões culturais.

“Ao unir em uma mesma abordagem informações sobre Faking e dimensões culturais, esta linha de pesquisa pretende contribuir para processos de recrutamento e seleção cada vez mais globalizados, nos quais recrutadores encontram o desafio recorrente de julgar processos seletivos com candidatos de diferentes culturas”, explica Hilpert.

A apresentação da pesquisa debaterá ainda: o que é Faking e sua importância no processo seletivo; o lado do recrutador na ocorrência de Faking; diferenças culturais e sua influência no processo de seleção; a importância da cultura no processo seletivo e a sua influência no processo de Faking; e a comparação das reações de recrutadores brasileiros à fraude na entrevista de trabalho com suas implicações práticas.

Inscrições: (11) 5505-0545 ou eventos@abrhsp.org.br

Fonte: O Estado de São Paulo – 18 de setembro de 2016

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?