Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

ABRH-SP convida RHs e empresas a aderirem ao Programa Trabalho Novo

Iniciativa do prefeito João Doria que tem como objetivo inserir os moradores em situação de rua no mercado de trabalho, por meio de parcerias com a iniciativa privada, o Programa Trabalho No vo da Prefeitura Municipal de São Paulo conta com o apoio da ABRH-SP desde o seu lançamento em janeiro deste ano. A Associação tem feito a intermediação com os profissionais de Recursos Humanos das empresas e já conseguiu que McDonald´s, Fran´s Café, Vivenda do Camarão, Bayer, Serasa Exper   ian, T. Christina Confecções e outras aderissem ao programa. Para ampliar o número de empresas apoiadoras, a ABRH-SP enviou para um mailing de mais de 11 mil cadastrados uma carta, assinada pelo seu presidente, Theunis Marinho, convidando mais empresas e profissionais de Recursos Humanos a aderirem ao programa. “Reunimos a maior comunidade de Recursos Humanos no Estado de São Paulo e queremos convidá-lo para estarmos juntos neste projeto de grande transformação social”, destaca Theunis. A carta reforça o objetivo do Trabalho Novo, de “disponibilizar vagas para pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo”, e apresenta alguns números do programa: o emprego de mais de 1.400 pessoas desde janeiro até agora; e a adesão de mais de 100 empresas, de pequeno, médio e grande porte econômico. Também cita o trabalho da Rede Cidadã. A organização não governamental é responsável pela capacitação socioemocional dos moradores em situação de rua para o mercado de trabalho. As empresas que aderem ao programa contam ainda com capacitação e orientação dos seus gestores para receberem esse público; acompanhamento do processo admissional; e acompanhamento pós-contratação. Segundo Fernando Alves, diretor executivo da Rede Cidadã, além da escala de contratações, o programa pode celebrar o elevado percentual de adequação ao trabalho – mais de 90% dos contratados permanecem. E vários deles já alugaram quarto para morar ou se colocaram em repúblicas, saindo da dependência dos centros de acolhimento da Prefeitura. “É um resultado muito importante, porque finalmente a política social encontra porta de saída da assistência social tradicional”, diz Fernando. Para saber como aderir ao programa, basta entrar em contato com a Rede Cidadã, tels. (11) 3159-0326 ou (11) 99292-0914, com Danielle Aguiar.

Fonte: O Estado de São Paulo, 15 de outubro de 2017

 

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!