Facebook Pageview

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

É possível manter uma cultura forte no home office?

A cultura organizacional é um sistema vivo composto por meio dos valores, das normas e crenças que fundamentam a essência e norteiam a atuação dos profissionais, assim como as decisões estratégicas para o sucesso do negócio.

Com a pandemia de covid-19, muitas empresas em tempo recorde adaptaram seu modus operandi, repensando seus conceitos e práticas, introduzindo o home office e rompendo paradigmas. E, com a maioria dos funcionários trabalhando de casa, a importância da cultura aumenta muito mais.

Os princípios e valores quando bem estruturados e compartilhados são fundamentais para unir na distância física e convergir para que todos os funcionários sejam direcionados na busca do objetivo organizacional.

Sabemos que uma cultura é forte quando os valores e os princípios são alinhados, e a confiança é instalada. Isso independe do local de trabalho, mas, sim, do propósito que une os funcionários e a organização. Se esse “laço” que podemos chamar de cultura está forte entre as partes, o trabalho fluirá naturalmente. Ela deve ser declarada e vivenciada durante a rotina de trabalho, tanto em casa quanto no presencial.

Manter a cultura forte no home office não é tarefa fácil, mas pode ser sustentada com pequenas ações na rotina de trabalho, como, por exemplo, interação entre as pessoas do time, e com atitudes de reconhecimento da empresa por meio de reuniões e encontros. Em todos esses momentos, deve-se incluir e vivenciar pelo menos um dos valores da cultura, para que esta permaneça latente na mente e atitude dos funcionários.

É importante lembrar que a cultura organizacional é bem estabelecida quando as ações do dia a dia são contagiadas pelos valores de modo inconsciente e automático.

Um ponto fundamental para fortalecer a cultura é que os líderes estejam próximos do time, dando apoio e utilizando a escuta ativa desde as questões que envolvem as ferramentas de trabalho até os aspectos comportamentais, acolhendo-os, podendo também exibir suas vulnerabilidades e, se necessário, solicitar a colaboração dos funcionários. Assim como dar o direcionamento ao que deve ser feito, garantindo que as ações sejam desdobradas de forma rápida e eficiente, e sempre estimular a prática da cultura para que, dessa forma, o clima da empresa seja vivenciado em qualquer local de trabalho.

A organização que deseja ter sucesso no home office precisa atrelar as novas medidas do modelo de trabalho aos princípios e valores da empresa. Com essas ações, a cultura tende a ser ainda mais fortalecida e praticada.

Por Andrea Tacosh, Daniela de Moura e Rosangela Zarza, integrantes do Grupo de Estudos de Cultura e Clima Organizacional

 

São Paulo, 17 de Janeiro de 2022

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!