Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Liderança nesses novos tempos

Liderança e os Novos Tempos foi o tema do webinar realizado pela ABRH-SP em 16 de julho, com a participação de Janete Vaz, vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Sabin – um dos maiores grupos de medicina diagnóstica do país, que hoje conta com 5.400 colaboradores em todas as regiões do Brasil; e Reynaldo Gama, CEO da HSM e Co-CEO da SingularityU Brazil – plataforma de educação corporativa com 120 funcionários, a HSM desde o ano passado é country partner da Singularity University, tendo formado com ela a joint venture SingularityU Brasil. O webinar teve ainda a participação como moderador do diretor de Relações Institucionais da ABRH-SP e CEO da Cenarium Training, Marcelo Pirani. Confira, a seguir, as principais reflexões do evento:

 

Valores essenciais

“As nossas essências estão nas nossas raízes, o quanto foi importante para a gente aprender com os nossos pais. Às vezes, nos esquecemos disso, acreditando que os nossos gurus é que são importantes na nossa formação quando na verdade a simplicidade, mais do que nunca, agora é essencial, assim como a humildade. A gente tem observado que hoje as pessoas estão buscando nesses valores essenciais uma forma de trazer uma visão nova para o novo mundo que estamos vivendo.” – Janete

 

Pessoas em alta

“Tenho falado para muitos CEOs e executivos que eu nunca vi a área de pessoas, o RH, tão atuante como no período que estamos vivendo. Tem sido fundamental. A área está na estratégia e os líderes estão dando o devido reconhecimento para ela. A gente também nunca viu tanta demanda por desenvolvimento humano. Quem se ligar que este é o momento de trabalhar o desenvolvimento vai estar à frente quando tudo isso acabar. Esta é a época para trabalhar a liderança. Temos falado muito de liderança contracíclica. Em tempos de pandemia, de crise, a liderança tem que acalmar, direcionar e trazer para perto e, em tempos de bonança, de euforia, tem que incutir aquele senso de urgência e trazer para a realidade.” – Reynaldo

 

Novas competências

“Acredito que agora o líder precisa se conhecer um pouco mais, dar prioridade para aquilo que é de fato essencial para este momento. Ter conhecimento do essencial vai fazê-lo tomar decisões assertivas e deixar de fazer coisas que perderam sentido. Não centralizar, delegar mais e confiar no trabalho dos liderados é muito importante, assim como a integridade de caráter, porque a verdade precisa vir à luz o tempo todo. Os liderados irão olhar como o líder está se comportando e quais decisões estão sendo tomadas. A confiança se constrói com verdade e transparência. Agora, a gente vai literalmente acreditar, buscar mais conhecimento e ser otimista. É preciso sonhar, sim, sonhos bem concretos, sonhos ressignificados. É hora de os líderes buscarem caminhos diferentes. É um novo momento onde novas medidas precisam ser tomadas e a gente precisa pedir a Deus muita sabedoria porque estaremos como líderes impactando a vida tanto dos nossos clientes, quanto dos nossos colaboradores e da comunidade com um todo.” – Janete

 

A morte do super-homem

“Logo nos primeiros dias da pandemia, quando estávamos preocupados com o que iria acontecer, com uma série de eventos para fazer, estabeleci que iria conversar às sextas-feiras com toda a equipe. E desde o início não fiquei falando fiquem calmos, está tudo bem, porque as pessoas estavam lendo outra coisa, e elas iriam questionar o que o Reynaldo sabe que a gente não sabe. Por que ele está tão calmo? Não é que me desesperei, mas disse: também tenho as minhas preocupações, também não sei o que vai acontecer, mas temos que diariamente planejar, entender e tomar ações em conjunto. O líder super-homem morreu. Isso não existe mais. O que eu aprendi é: tira a capa de super-homem, se humaniza perante a sua equipe, mostra as fragilidades. Seja humano. Não é porque você está em um ambiente profissional que precisa botar uma máscara, ser rígido e duro. Óbvio, há momentos que exigem isso, mas você tem de ser humano. Ser aquilo que é a sua essência, que é a humanidade, escutar o outro, entender e ter empatia. Passamos do tempo que o líder precisava ser um oráculo, um guru inatingível, com uma sala de 80 metros quadrados. Não tem mais espaço para isso.” – Reynaldo

 

A raiz da liderança

“A palavra que está na raiz da liderança de qualquer tempo é o amor. Não é a liderança dos novos tempos, mas de qualquer tempo e, coincidentemente, mais do que nunca, a gente está vendo que as pessoas estão aprendendo a amar. Neste momento de crise, o amor está sendo o grande diferencial porque é ele que promove a solidariedade, que é o maior resgate que estou vendo hoje nas pessoas e, principalmente, nas organizações. Nós vamos vencer tudo isso que estamos passando agora se o amor for soberano.” – Janete

 

Sobre inspiração

“O resultado de uma empresa vem através de pessoas. As organizações são feitas de pessoas. A inspiração vem da teoria e da prática. Se você não é um líder que de fato pensa em pessoas, dificilmente vai inspirá-las. Você tem que praticar. Não adianta falar: temos de ser líderes humanizados. Se eu não sou humanizado, não vou inspirar as pessoas a serem humanizadas. A prática e o exercício daquilo que você fala no dia a dia são uma inspiração por si só. As pessoas se conectam com pessoas, não com empresas.” – Reynaldo

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRH-SP -  27 de Julho de 2020

Depoimentos

“A ABRH-SP atua como uma verdadeira usina geradora de inovações ao promover o compartilhamento de boas práticas de gestão e conceitos de RH entre os associados. Para nós da Sanofi, este trabalho é de enorme valor, pois nos ajuda a posicionar o RH de forma estratégica dentro da companhia.”
Pedro Pittella – Empresa SANOFIHead of Human Resources Sanofi Group Brazil
"Fazer parte da ABRH-SP está sendo muito bom, pois trouxe a oportunidade de acompanhar as novidades e trocar experiências com diversos executivos de RH, isto traz muito valor agregado"
Marcos Sousa - Empresa GOCILDiretor de RH e Jurídico na Gocil Segurança e Serviços
“Somos Associados ABRH-SP há um ano, as palestras que participamos na ABRH-SP tem nos ajudado a melhorar a gestão junto aos nossos colaboradores e entender que os mesmos são o centro para seguirmos em frente com a nossa companhia, temos muito carinho pela ABRH-SP, obrigado por tudo!”
João Paulo Lopes – Empresa MAZAGGerente de Recursos Humanos Agência Mazag

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?

WhatsApp Precisa de Ajuda? Fale Conosco!