Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

INDICADORES 17/06

  • A indústria brasileira reduziu consideravelmente o impacto de sua atividade no meio ambiente nos últimos 20 anos, desde a Eco-92. A informação, com dados, está em documento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado na quinta passada, na Conferência Rio+20.

  • Segundo o documento, que alinha os avanços na conservação do meio ambiente de 16 setores, responsáveis por 90% do PIB industrial, a celulose e o papel produzidos no Brasil provêm integralmente de florestas plantadas, enquanto a indústria química reduziu em 47% suas emissões de CO² em dez anos. Além disso, 97,6% das embalagens de alumínio são recicladas no país, um dos mais altos índices do mundo.

  • Ainda: a geladeira fabricada atualmente no Brasil consome 60% menos energia do que há uma década e cada automóvel usa 30% menos água no processo de produção. A sardinha enlatada brasileira é certificada internacionalmente em critérios da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) para preservação da biodiversidade marinha.

  • De acordo com o documento, as usinas de açúcar e etanol são autossuficientes em energia, uma vez que utilizam o próprio bagaço da cana-de-açúcar para gerar energia para o seu funcionamento. Nos canaviais, os fertilizantes industrializados estão sendo substituídos por adubos minerais, o que contribui para a redução das emissões de gases do efeito estufa.

{module compartilhar}

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?