Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

O uso do people analytics para transformar a área de RH

Como consumidores, não aceitamos esperar 5 minutos em uma fila, mas nas nossas empresas temos de aguardar quatro meses para adquirir uma nova ferramenta, essencial para o trabalho. Isso é um choque de cultura que acontece frequentemente e pode ajudar a esclarecer por que cada vez mais pessoas têm pedido demissão ou estão insatisfeitas com as organizações.

O que as empresas têm feito para se tornarem o lugar onde as pessoas querem trabalhar foi o tema da palestra “Como as mudanças na economia impactam as organizações”, que a ABRH-SP promoveu no dia 4 de julho, na sua sede, com Antonio Moreno, people analytics da Serasa Experian.

Moreno explicou como o people analytics e outras ferramentas tecnológicas podem ser usados para promover transformações na área de Recursos Humanos e para ajudar as empresas a continuarem relevantes no mercado. Na Serasa Experian, por exemplo, onde vem sendo feito um grande investimento na área de analytics, todos os sistemas de RH estão integrados globalmente, o que permite comparações entre sedes e áreas. “Por meio desse sistema, conseguimos qualquer dado em cada segmento de RH.”

A empresa também desenvolveu um estudo de combinações de atributos, levantados nas redes sociais e em informações como idade, gênero, faixa salarial, benefícios, entre outras, que possibilita prever quem vai deixar a companhia. “O Flight Risk permite atacar uma das principais dificuldades das empresas: saber antecipadamente se existe alto risco de perder uma pessoa para, então, decidir se deseja deixar que ela vá embora ou fazer algo para evitar a saída”, explicou Moreno.

Fonte: O Estado de São Paulo, 15 de Julho de 2018.

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?