Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Reescrevendo a própria história

Em 1991, aos 37 anos, Thomaz Magalhães estava no auge de sua carreira como executivo e sócio de uma das maiores empresas de construção e montagem do país. Casado, dois filhos, sua sólida trajetória fora construída desde cedo com muito planejamento. O hipismo, esporte escolhido ainda na infância, também era parte de sua formação e a ele se dedicava apaixonadamente. Porém, em agosto daquele ano, uma queda durante um treino muda definitivamente o rumo de sua vida – com graves lesões na medula, fica paraplégico.

Passado o choque inicial trazido pela nova realidade, Magalhães conta que encontrou o caminho da retomada por meio de uma palavra que lhe abriu também a porta da espiritualidade: paciência. Foi com ela que passou a se dedicar, como um atleta, ao que se tornou seu esporte favorito: tornar-se totalmente independente. Com o objetivo traçado, metas claras, disciplina e perseverança, foi galgando um a um todos os desafios que a condição física lhe impunha, até realmente conseguir fazer sozinho o que lhe desse na cabeça.

Foi com essa determinação que Thomaz conquistou dois bronzes em três mundiais de esqui aquático, subindo ao pódio duas vezes seguidas, em 2005 e 2007. Hoje, sua principal meta é trazer mais uma medalha para o país – em 2013, ele participa do mundial da Itália.

Atleta, palestrante e autor do livro Quebra de Script – Uma incrível história de reinvenção pessoal, Magalhães esteve na ABRH-SP na última quinta para contar seu impressionante processo de superação.

 

Página do Estado 20 de Maio de 2012.

{module compartilhar}

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?