Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

O novo posicionamento do setor de Recursos Humanos

Em recente pesquisa sobre as cinco principais tendências globais em recrutamento, dois pontos aparecem em destaque como os mais necessários na diferenciação das empresas: a importância de trabalhar muito bem a marca empregadora e a importância das contratações internas como estratégia de retenção de talentos.

Em função dessa nova realidade, os executivos de Recursos Humanos estão sendo cada vez mais desafiados a preparar melhor os gestores das mais diversas áreas da organização para que atuem como líderes da cultura corporativa e como desenvolvedores de time, não mais apenas como gestores de departamento. “Os melhores exemplos  são os programas de formação de gestores em técnicas de avaliação de desempenho e de entrevistas. Como todo bom líder, o gestor precisa dominar sua área de atuação e funcionar como embaixador da marca e como um pilar de retenção de sua equipe de forma direta ou indireta. Algumas empresas mais antenadas com essa tendência já começam a mexer em seus programas de bonificação, passando parte do valor calculado conforme nota do clima da equipe”, explica Gustavo Costa, sócio-fundador da Unique Group.

A importância das ferramentas desenvolvidas pelas equipes de Recursos Humanos, para dar apoio e preparação para este desempenho, é cada vez maior. Segundo Gustavo Costa, isso demonstra uma mudança muito grande também de cultura nas equipes de Recursos Humanos, que precisam ter atenção redobrada com a preparação estratégica das pessoas em detrimento da operacionalização das necessidades diárias. “A imersão na cultura e a atenção com os diferenciais da empresa devem incluir todos os colaboradores e não apenas a equipe de RH. As melhorias de sistemas de avaliação de desempenho, uma excelente estratégia de retenção, e na maneira de conduzir os processos internos de avaliação com práticas de entrevista, feedbacks e desenvolvimento da equipe são outros pontos importantes”, destaca o especialista. Por fim, é importante lembrar que todo este movimento só terá  sucesso a partir de um completo trabalho estratégico do departamento de Recursos Humanos, que também precisa estar cada vez mais preparados para este desafio.

{module compartilhar}

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?