Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

PcDs e o mercado de trabalho

A consultoria i.Social, em parceria com a ABRH-Brasil, a ABRH-SP e a Catho, está realizando a 4ª Pesquisa Inclusão de Pessoas com Deficiência no Mercado de Trabalho – Expectativas e Percepções. O estudo tem possibilitado identificar os desafios existentes e as melhorias necessárias no campo da inclusão de pessoas com deficiência no mundo corporativo.

Com o intuito de tornar o levantamento mais abrangente e completo, o público pesquisado foi ampliado em 2017. Além de saber a opinião dos profissionais de RH, como tem sido feito desde a primeira edição, neste ano serão ouvidos a alta liderança das empresas, já que são os líderes que detêm o poder de decisão, contratação e influência sobre os demais gestores, e os próprios candidatos com deficiência, que são quem sente na pele os obstáculos de inclusão.

 

Os profissionais de RH podem responder a pesquisa de 2017 pelo link http://bit.ly/2wHiGwg.

 

Fórum em Campinas

E, por falar em pessoas com deficiência, no próximo dia 25, a diretora de Diversidade da ABRH-Brasil, Jorgete Leite Lemos, estará em Campinas (SP) para participar do 5º Fórum Pessoas com Deficiência – Além da Lei de Cotas, que a regional Campinas da ABRH-SP vai realizar no auditório do Sesi, das 8h30 às 13h30.

Aberto ao público, o evento vai mostrar o que empresas como Rhodia, Eaton e Cummins Brasil têm feito para a contratação das PcDs, além de apresentar os resultados do Programa Inserir – Empregabilidade da Pessoa com Deficiência Psicossocial (Transtorno Mental) e discutir o papel do poder público e do médico do trabalho nesse processo, entre outros temas.

Jorgete será mediadora da Roda de Conversa, atividade na qual a plateia poderá fazer perguntas e esclarecer dúvidas.

 

Informações:

regionalcampinas@abrhsp.org.br

Tel. (19) 3294-3307

 

 

Fonte: O Estado de São Paulo, 14 de Setembro de 2017.

Comentários

    Deixe uma Resposta

    QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?