Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Crise: Como conciliar o financeiro e o RH?

Como construir uma parceria entre o Financeiro e o RH em tempos de escassez de recursos

O que parecia inacreditável tempos atrás se tornou realidade: o Brasil passa novamente por uma crise econômica com reflexo direto nos níveis de emprego e de confiança do consumidor. Nesse momento, a área Financeira acaba sobrepondo-se às demais no equilíbrio de forças corporativo, o que acentua ainda mais a natureza conflitiva com a área de Recursos Humanos. “Enquanto Finanças pensa no curto prazo, RH pensa no longo prazo”, reflete Fernando Salinas, diretor de RH para América Latina da Johnson & Johnson Medical.

Para ele, porém, esse conflito não é insolúvel. “O profissional de Recursos Humanos pode fazer a sua parte começando pelo exercício da empatia: ele precisa entender o que está acontecendo, conhecer o negócio e considerar a linguagem da área Financeira. Depois, construir o relacionamento e investir no entendimento; atuar com foco e prioridade, trabalhando também com o curto prazo; e estabelecer uma parceria com a área de comunicação, que é estratégica nesse momento. Com isso, é possível trabalhar em conjunto para assessorar a liderança da empresa”.

No entendimento do executivo, este é a hora de testar a maturidade organizacional. “Se a empresa for inteligente, ela vai saber que prosperidades e crises não são eternas. É preciso parar, pensar e respirar”, recomenda Salinas, que vai aprofundar o tema no CONARH 2015, programado para este mês em São Paulo, na palestra Financeiro e RH – Como construir parceria em tempos de escassez de recursos (dia 18 de agosto, das 8h30 às 9h30), tendo como parceiro de palco José Roberto Beraldo, diretor Executivo Financeiro e de Relações com Investidores do Grupo Contax.

Mais informações e inscrições: www.conarh.com.br ou (11) 3138-3420 

Fonte: Correio Popular – 02/08/2015 

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?