Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Motivação precisa de motivo

Coluna Mediapool:  Daniela Vieira Cox

 

  Você trabalha por diversão, propósito, potencial, pressão emocional, razões financeiras ou por inércia? Essa divisão, feita pelos professores da Universidade de Rochester, Edward Deci e Richard Ryan, relembrada recentemente em artigo da Harvard Business Review, é para ser mesmo um mix. Mas para trabalhar motivado precisa identificar o que está pesando mais nessa equação e muita gente não sabe. Vai levando até o próximo e próximo contracheque e os anos se passam, com sorte, na mesma posição na equipe.

É a carreira por inércia e este é um dos pesadelos dos gestores atuais. Com paletó na cadeira, mas, na prática, sem 100% da camisa, esses colaboradores são alvo de inúmeros esforços de motivação e mobilização. Apresentam reações temporárias aos estímulos, mas voltam ao que, para eles, é um ponto de equilíbrio, muito distante do que gostariam e do que poderiam conquistar. Sim, pode ter solução. Crie um ritual que relembre e mantenha vivo diariamente o motivo, a diversão, o propósito, a identificação com a empresa e o prazer de estar no desafio. Não é simples. Não é produto de prateleira. Precisa ser verdadeiro para trazer sentido. Comece com você. Qual o seu motivo?

 

 Fonte: Folha de Alphaville – 04 de dezembro de 2015

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?