Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Networking com relacionamentos de qualidade

O NETWORKING PRECISA DE RELACIONAMENTOS DE QUALIDADE

 

Como aproveitar melhor os encontros entre profissionais que têm muita informação importante para sua carreira e negócio? O primeiro desafio é da abordagem. E, mesmo quando bem-sucedida, vem a segunda parte da tarefa: como manter e aprofundar esse relacionamento?

 

Mário Faccioni Júnior, novo diretor da Metropolitana Oeste, conta que viu isso acontecer inúmeras vezes e resolveu enfatizar ainda mais o trabalho de aproximação que a Associação tem entre os que participam das atividades: “Neste ano, vamos ter um calendário cheio. Muitos encontros em que as oportunidades reais de trocar conhecimento se multiplicam. A dinâmica para que esses contatos se efetivem tem muito espaço, já que, entre associados e convidados, há sempre profissionais que frequentam efetivamente os encontros e que estabelecem conversas produtivas, inspiradas nos temas debatidos ou mesmo dentro de um cenário mais amplo, que envolve reflexos da economia e de rumos empresariais. Com esse convívio, os contatos se fortalecem”.

 

Mário destaca que o foco em Gente é fundamental: “Não basta se apresentar, nome, empresa, formação e querer trocar cartão. É importante ser sutil e aproveitar aquele momento-chave para começar uma conversa e para isso pense sobre o que você tem a oferecer, não apenas o que você quer ganhar. Entre os mais comuns estão o conhecido ‘papo de elevador´, algum comentário em comum que envolva as duas pessoas, um negócio, uma notícia importante do meio. Qualquer coisa que facilite e abra a porta para a primeira conversa. Descobrir preferências auxilia a criar empatia. A informação pode não servir na prática, mas quantas vezes você já puxou do fundo da gaveta um dado que parecia perfumaria e acabou se transformando em preciosidade na negociação?”

 

Para ele, essa recorrência dos encontros permite que a troca flua com mais naturalidade. “Temos atividades com um número de vagas interessante para promover uma percepção sólida do grupo. Sempre há um tempo reservado para troca de experiências, na chegada, na saída e durante o evento. Mesmo em palestras, as participações da plateia nos debates abertos são um marco. Essa rede de contatos que você forma, com laços fortes, é uma fonte de apoio mútuo para diferentes momentos da carreira. Sentir-se realmente abraçado é bem diferente de só aquela troca de cartões que acontece no piloto automático. E é esse clima de proximidade, construído, é que estamos fomentando na ABRH-SP.”

 

Fonte: Folha de Alphaville – 29/01/2016

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?