Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Empresas investem mais em líderes

A liderança nas empresas acontece de maneira mais integrada. É o que acredita o Diretor de Regionais da ABRH-SP João Marcelo Furlan. “O líder deixou de atuar no modelo top-down e passou a se enxergar como parte da empresa e como agente de transformação.  A liderança é formada por várias pessoas que fazem parte da linha de produção até chegar ao presidente da empresa.”

As empresas estão investindo mais nesses profissionais. A tendência não é de hoje, mas dos últimos dois anos. O líder é aquele que mobiliza os colegas de sua área de atuação. “Você consegue fazer com que o líder sozinho – sem precisar mobilizar a organização como um todo – promova as mudanças, direcionando sua equipe, para onde a empresa quer chegar”, afirma. Para se tornar um bom líder, algumas habilidades são essenciais, dentre as quais João Furlan destaca:

1)      Conseguir construir uma visão de futuro – O profissional tem que enxergar para onde ele quer levar o time, independentemente do tamanho da área que ele administra. Conseguir construir visão de futuro é uma das principais habilidades, talvez a primeira que o líder precisa desenvolver.

2)      Comunicação interpessoal – O líder tem que conseguir compreender que cada pessoa de sua equipe tem um potencial e, por isso, devem ser estimuladas de maneira distinta. Por exemplo: se você tem um funcionário com perfil mais analítico, você vai estimulá-lo falando sobre números, focando nos pontos mais concretos.

3)      Capacidade de influenciar as pessoas – A liderança é um processo de influência de pessoas, a partir do qual se mobilizam as pessoas em uma determinada direção. Existem métodos para estimular os funcionários na direção que a empresa quer, como o da reciprocidade por exemplo. O objetivo é  influenciar o outro a partir de alianças que você constrói e que vão te apoiar a fazer essa pessoa colaborar com você. 

4)      Foco em desenvolver pessoas –  O líder também tem de ser um bom gestor e ter foco no desenvolvimento do seu time, conseguindo ensinar o que faz ou oferecendo subsídios para que o outro aprenda o que deve ser feito.

5)      Resolver conflitos –  A função do líder é apoiar as pessoas a superar e resolver os conflitos do dia a dia  para que não haja um rompimento do trabalho em conjunto.  Essa habilidade de conseguir resolver conflitos é algo muito importante, principalmente quando se está num modelo de organização muito acelerado em que as pessoas tendem a passar por cima umas com as outras.   

{module compartilhar}

QUER OBTER CONTEÚDO DE QUALIDADE COM INFORMAÇÃO ATUAL?